O cancro duro ou sífilis, é uma pequena lesão que pode aparecer na região genital ou anal que é indicativo que infecção pela bactéria Treponema pallidum, que é o microrganismo responsável pela sífilis.

O aparecimento do cancro duro corresponde à primeira fase da doença, que recebe o nome de sífilis primária, e muitas vezes passa despercebido, por não causa dor ou desconforto e muitas vezes está localizada no ânus ou na vagina, não conseguindo ser visualizado.

Cancro duro, sífilis: o que é, sintomas e tratamento

O cancro duro é uma lesão muito infectante, pois possui grande quantidade de bactéria no local e, por isso, a relação sexual desprotegida favorece a transmissão dessa bactéria. Por isso, é importante que seja identificado e tratado, pois assim é possível evitar a transmissão para outra pessoa e a proliferação da bactéria e espalhamento pelo organismo, dando origem às formas mais graves da doença.

O que é a sífilis

O que é a sífilis

A sífilis é uma infecção sexualmente transmissível (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Além do contágio por relação sexual, ela também pode ser passada adiante pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou da mãe para o bebê, durante a gestação ou o parto.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que ocorram 6 milhões de casos no mundo todos os anos. O infectologista Álvaro Furtado Costa, da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), afirma que a doença é especialmente incidente em alguns subgrupos específicos: homens que fazem sexo com homens, pessoas transexuais e usuários de drogas injetáveis.

“Qualquer um que faça sexo sem proteção pode pegar. Mas o maior desafio no mundo é diminuir a incidência nessas populações-chave”, acrescenta o médico, que atua no Centro de Referência e Treinamento em DST/Aids do Estado de São Paulo.

O que é cancro mole e cancro duro?

Tanto o cancro mole como o cancro duro se expressam por feridas nas partes genitais masculinas ou femininas, causadas por agentes transmitidos por contatos sexuais. O cancro mole é uma doença sexualmente transmissível (DST) caracterizada por várias lesões na área genital, podendo também ser única. O cancro duro, ou cancro sifilítico, é igualmente caracterizado por lesões em áreas genitais e é a porta de entrada do agente infeccioso da sífilis, então chamada sífilis primária.

Principais sintomas

O cancro duro normalmente aparece cerca de 10 a 20 dias após o contato com a bactéria, que acontece através de relação sexual anal, oral ou com penetração sem camisinha. Assim, o cancro duro pode aparecer na boca, no ânus, no pênis ou na vagina de acordo com a forma em que houve o contágio e pode ser identificado através das seguintes características:

  • Pequeno caroço rosado que pode evoluir para úlcera;
  • Bordas elevadas e endurecidas;
  • Centro da lesão mais claro;
  • Pode estar coberto por secreção transparente;
  • O caroço não dói, coça ou causa desconforto.

Nos homens o cancro duro pode ser identificado mais facilmente, pois na maioria das vezes aparece no pênis, no entanto no caso das mulheres a identificação do cancro duro é mais difícil, pois costuma aparecer nos pequenos lábios e na parede da vagina.

Além disso, a identificação do cancro duro é dificultada pelo fato de desaparecer naturalmente após 4 a 5 semanas, sem deixar cicatrizes ou levar ao aparecimento de outros sinais ou sintomas. No entanto, o desaparecimento do cancro duro não é sinal de cura da doença, mas sim de que a bactéria está se espalhando pelo organismo e que pode levar ao aparecimento de outros sintomas à medida que desenvolve-se.

Tipos de sífilis

Tipos de sífilis

Os sintomas de sífilis dependem do estágio no qual ela se encontra.

Sífilis primária: “Começa com uma lesão no local de entrada da bactéria. Pode ser na genitália, na boca ou no ânus”, relata Costa. Só que é uma ferida que não dói nem coça – por isso, passa despercebida na maioria das vezes. Ela surge entre 10 e 90 dias após o contágio.

Sífilis secundária: “Se a primária não for tratada, a T. pallidum ganha a corrente sanguínea e entra em várias estruturas do organismo”, informa o infectologista. A fase secundária, que surge de seis semanas a seis meses depois da cicatrização da ferida inicial, se manifesta através de manchas na pele do corpo todo. Elas também não coçam nem ardem.

Sífilis latente: “Quando o paciente passa das fases primária e secundária sem perceber e cuidar dos sintomas, a doença entra em um estágio assintomático”, aponta o especialista. O tempo de duração varia de pessoa para pessoa.

Sífilis terciária: a última e mais grave etapa ocorre quando a bactéria começa a afetar o cérebro, o coração e os ossos, gerando graves lesões no organismo. Ela demora até quarenta anos para se manifestar dessa forma.


Sífilis congênita: é o nome dado para a infecção quando transmitida da mãe para o bebê. Nesses casos, a criança nasce com má formação, cegueira, surdez ou deficiência mental. É possível ainda que a mulher sofra um aborto ou que o feto venha a óbito durante a gestação ou o parto.

Como confirmar o diagnóstico

Pelo fato de não doer ou causar desconforto, o cancro duro é na maioria das vezes identificado durante exames ginecológicos ou urológicos de rotina, em que durante o exame físico o médico identifica a presença de um pequeno caroço rosado ou de úlcera vermelha na região genital.

Para confirmar que se trata do cancro duro, o médico pode realizar uma raspagem da ferida para avaliar a presença da bactéria no local ou solicitar a realização do exame para sífilis, que é conhecido como VDRL, que indica se há ou não infecção por Treponema pallidum e em que concentração a bactéria está presente no organismo. Entenda como é feito o VDRL e como entender o resultado.

Como o médico diagnostica o cancro mole e o cancro duro?

O médico fará suas primeiras suspeitas de cancro mole e do cancro duro pela observação das lesões. Para confirmar o diagnóstico, no entanto, precisará fazer exames laboratoriais, teste molecular, pesquisa de DNA e raspagem. Como o cancro mole é uma doença muito parecida com a sífilis primária, o médico poderá pedir um exame de sangue para sífilis, o VDRL, para estabelecer o diagnóstico diferencial, além de confirmar o diagnóstico de cancro duro.

Como é feito o tratamento

O tratamento para o cancro duro é feito com injeções de Penicilina, cuja dose e duração deve ser recomendado pelo médico de acordo com o resultado dos exames. É importante que durante e após o tratamento a pessoa realize o exame para sífilis para que se saiba se o tratamento está sendo eficaz.

Como prevenir

Como prevenir
Use camisinha

Para prevenir o aparecimento do cancro duro é preciso diminuir o risco de contato com a bactéria Treponema pallidum e, para isso, é importante que seja utilizado preservativo durantes as relações sexuais, mesmo que não exista penetração. Isso porque o cancro duro é altamente contagioso e, assim, a bactéria pode ser facilmente transmitida de uma pessoa para outra.

Sífilis tem cura? Conheça o tratamento

A sífilis tem, sim, cura. Assim como o diagnóstico, o tratamento é simples. “Usamos uma injeção de penicilina intramuscular, um antibiótico milenar e amplamente disponível na rede pública”, informa o expert. A quantidade de doses varia de acordo com a etapa da IST. Para a primária, é feita apenas uma aplicação. Já a secundária exige até três.

Caso o tratamento não seja feito, ele desaparece espontaneamente, mas volta posteriormente sob formas mais graves de sífilis.

Por outro lado, como na terciária a T. pallidum chegou em várias estruturas do organismo, o paciente precisa ser internado e tomar o medicamento por duas semanas direto na veia. Ah, e a penicilina é liberada para as grávidas e os bebês diagnosticados.

Costa lembra que quem pega a T. pallidum não se torna imune a ela. Portanto, é essencial se proteger para não sofrer uma reinfecção.


Dica rápida

Não dá pra ficar passando vergonha na hora H. Então cuidar da higiene nas partes íntimas é essencial para marcar um golaço!

Conheça o sabonete íntimo da Don Alcides, clicando aqui. Deixe seu amigão limpo e pronto para a diversão!

Dica rápida

Não dá pra ficar passando vergonha na hora H. Então cuidar da higiene nas partes íntimas é essencial para marcar um golaço!

Conheça o sabonete íntimo da Don Alcides, clicando aqui. Deixe seu amigão limpo e pronto para a diversão!

sabao cra-cra sabonete íntimo masculino don alcides

Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh