Vai cuidar da saúde, rapaz! Falando sério, isso vale tudo, inclusive para as partes que antes eram tratadas como algo sujo e que não merecia tanta atenção. E que não por acaso, também é responsável por te afastar de muitas possíveis relações boas. Seu vacilão. 

Bom, se você é um cara mais adequado com os tempos modernos e sabe que esse papo não tem nada a ver, precisa saber como usar o sabonete íntimo antifúngico. Funciona muito bem, e te poupa mais tempo do que imagina quanto a outros cuidados importantes com o corpo. 

Quais as características do sabonete íntimo antifúngico?

Em um primeiro momento, o sabonete íntimo antifúngico masculino não é muito diferente das versões femininas quanto a funções: regularizar o Ph da região, evitando a proliferação de bactérias e fungos. e uma limpeza mais profunda. 

E jovem, não pense que só as mulheres têm variações constantes no Ph da região genital: se você já sentiu seu próprio “cheirinho”, saiba que sua higiene não anda das melhores. 

Usar o sabonete íntimo antifúngico também evita outras questões muito pertinentes, como por exemplo a coceira causada pela falta de limpeza, e em situações mais complexas, também previne doenças como candidíase. É, jovem, usar sabonete íntimo masculino é tão necessário quanto imagina.

Dicas importantes de uso

Agora que você sacou a importância no uso do sabonete íntimo masculino, tem algumas dicas importantes que você precisa saber antes de usar, já que a aplicação não é necessariamente da mesma maneira que o sabonete tradicional.

Vamos a um passo a passo fácil de usar. 

  1. Primeiro de tudo, vai tomar um banho, e higienize a região genital;
  2. Passe o sabonete íntimo antifúngico na região, com cuidado, e vamos te explicar logo;
  3. Enxágue bastante com água;
  4. Finalize o banho e seque bem.

Não tem mistério, jovem. Passar o sabonete íntimo ao menos 2 a 3 vezes por semana já é suficiente para garantir uma saúde adequada na região. Mas não basta só passar o sabonete íntimo e tudo certo: tem alguns outros cuidados importantes para ficar atento.

Outros cuidados importantes com a saúde íntima masculina

Nós já ressaltamos alguns pontos por aqui, jovem, mas não custa lembrar, especialmente se sua intenção é começar seus cuidados com o sabonete íntimo antifúngico. Vamos resumir aqui, mas não deixe de conferir nosso artigo aprofundando a questão.

  • Lave bem as mãos – Se antes do período atual isso era uma recomendação valiosa, hoje é uma obrigação ainda mais séria, jovem. Lavar as mãos depois de urinar, caprichar durante o banho, depois de comer… Os germes atacam das formas mais ingratas, por isso é bom ficar esperto com a limpeza em sua forma mais tradicional.
  • Cuidado com a Glande – Toda a região genital precisa de um cuidado constante, por exemplo, com a aparação dos pelos (é, jovem, nada de preservação ambiental aqui). Mas em toda a região, o cuidado com a glande é ainda mais necessário: é aqui que as infecções podem se manifestar da forma mais direta. Também já falamos disso, vale a pena dar uma olhada.
  • Cuidado na hora de ensaboar a região – Aqui temos mais uma dica do que um cuidado em si. Quando você ensaboar a região genital, muito cuidado com a uretra. Depois de uma pancada nessa região, a segunda dor mais intensa ali é a entrada de sabão pelo canal urinário, isso sem contar os riscos à saúde. Então cuide bem.
  • Secar a glande – Enxugar o pênis após urinar também faz parte da higiene íntima masculina. É importante evitar que gotas de urina fiquem na cueca e entrem em contato com a pele. Isso pode favorecer uma inflamação ou uma infecção por fungos. Utilize papel higiênico para secar a glande do pênis.
  • No banho – Durante o banho é necessário que toda a região genital e anal seja higienizada. A forma correta de fazer a higiene íntima masculina durante o banho é puxar a pele que cobre a glande do pênis até que ela fique exposta. Logo após lave a glande do pênis com bastante água e sabonete para que toda a camada de gordura acumulada na região seja retirada.
limpeza da glande
  • Após a relação – A higiene íntima masculina é essencial logo após a relação sexual. É claro que você não precisa ser insensível e sair correndo da cama logo que a relação terminar, mas lembre-se de fazê-la. Doenças causadas por fungos, como a candidíase podem ser evitadas pelo simples ato de lavar pênis após a relação. Isso pode ajudar também a remover os resíduos de esperma, o excesso de lubrificante do preservativo e para retirar o muco de lubrificação natural da mulher. Estas substâncias podem ser responsáveis pela proliferação de bactérias e fungos na região.
  • Pêlos pubianos – Deixar completamente sem pêlos a região pubiana pode facilitar o aparecimento de inflamação e infecção na pele, causando inclusive pequenos abscessos na pele. Apesar disso, manter os pelos da região bem aparados faz parte da higiene íntima masculina, já que na base dos pêlos o corpo produz suor e gorduras responsáveis por lubrificar e resfriar a pele, que podem criar um cheiro desagradável no local.

Sugestões da Beard para sabonetes íntimos antifúngicos

Não iríamos sugerir a forma de usar o sabonete íntimo antifúngico se a Beard não tivesse opções do tipo, não é verdade? Abaixo, vamos citar alguns dos melhores produtos no acervo da nossa loja para cuidar da sua saúde íntima.

Sabão Crá-Crá

Tranquilo, jovem, tranquilo, não vamos fazer aquela piada manjada sobre não deixar os pelos do saco colar… Brincadeira, risos. Agora falando sério, o sabão crá-crá faz uso de uma referência clássica na música brasileira para mostrar a você que o cuidado com o visual é mais importante do que imagina. 

O uso desse sabonete íntimo antifúngico é exatamente como indicamos acima, passando na região íntima para regular toda a higiene básica. Os Mamonas Assassinas ficariam orgulhosos, e você deve estar também. 

E no fim das contas, não tem como usar um produto desses e não cantar a letra junto durante o banho, certo? Tem muitas possibilidades com o sabão crá crá, e mais ainda ao usar o sabonete íntimo antifúngico para dar um trato no seu visual. Aproveite as opções, jovem, e até a próxima!

Quer aprender mais sobre o Sabão Crá-Crá, se liga neste podcast irado!

Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh