Dieta do Guerreiro, você já ouviu falar sobre esta dieta que é baseada na experiência do criador no exército, gerando um desempenho significante durante os exercícios.

Nos dias de hoje a maioria das pessoas visa o mesmo objetivo: emagrecer em poucos dias, semanas ou meses. Projetos de 30, 50 100 dias.

Desta maneira, métodos e programas alimentares que prometem eliminar muitos quilos em um curto espaço de tempo chamam a atenção e sim, é uma das opções de quem possui este desejo.

A dieta do guerreiro, por exemplo, cujo nome é Warrior Diet, é um plano alimentar baseado nas experiências que o criador, Ori Hofmekler, teve no exército a partir de sua observação.

Através disso, chegou à conclusão de que o seu desempenho e de seus colegas era muito melhor quando não ingeriam comida no tempo ativo.

Assim, ficavam mais alerta e as atividades eram realizadas com mais agilidade.

Após verificar este fato, reconheceu que a dieta do guerreiro teria como método o seguinte: alterar o ciclo de alimentação, dividindo-o em dois períodos, sendo jejum durante o dia e outro em que nos alimentamos, durante a noite.

Porém, segundo o próprio autor, ela só será eficaz se aliada a atividades físicas, justamente por potenciar a energia que o corpo gasta diariamente, e reduzir a massa gorda de modo rápido e eficaz.

Por isso, para aprofundar um pouco mais sobre a dieta do guerreiro, um assunto bem interessante, vamos relatar abaixo como fazer, como funciona, qual o cardápio e claro, as dicas desta dieta nem tão conhecida, mas que pode ser apropriada para certos indivíduos.

Como funciona a Dieta do Guerreiro?

A dieta do guerreiro ou The Warrior Diet, título em inglês do livro de autoria de Ori Hofmekler, publicado no ano de 2011, trata-se de um programa alimentar onde comer muito pouco durante o dia e comer demais no período noturno vão ajudar pessoas a se livrarem tal efeito sanfona, caracterizado por uma perda de peso rápida, mas com a facilidade de um ganho maior do que foi eliminado.

Lembrando, que essa estratégia feita por Hofmekler, conforme dissemos na introdução deste conteúdo foi baseada em uma observação (opinião) e pesquisas sobre sociedades guerreiras espartanas e romanas.

Ademais, é importante frisar que as atividades físicas fazem parte deste planejamento.

A indicação é de os treinos sejam intensos com duração de 30 a 45 minutos.

A dieta do guerreiro é constituída em duas fases: o undereating (jejum intermitente) e overeating (alimentação). Especificaremos as duas a seguir!

Undereating (fase de jejum)

Realizado durante o dia, jejum de aproximadamente 20 horas.


Alimentos devem ser ingeridos em pequenas quantidades (fruta, legumes e proteínas magras).

Maximiza o metabolismo, evitando picos de insulina;

Estimula o sistema nervoso simpático (responsável pelas respostas em situação de estresse).

Overeating (fase de alimentação)

Realizada durante no final do dia/noite, possui duração de 4 horas.

Alimentos devem ser divididos em três refeições principais:

  • 01h00 hora após o treino (legumes e frutas)
  • 01h30 após o treino (proteínas)
  • 02h00 após o treino (hidratos de carbono)

Estimula o sistema nervoso parassimpático (responsável pela promoção do relaxamento).

Quais alimentos utilizar nesta dieta?

Como nesta alimentação pode comer pouco durante o dia e comer bastante durante a noite, os seguidores deste plano alimentar devem ser compostos por: frutas, vegetais e porções pequenas de proteínas (inferior a 170 gramas).

A regra é parar de comer (na fase de alimentação) quando se sentir satisfeito (a).

Então, para ficar por dentro de quais alimentos utilizar na dieta do guerreiro, confira a listinha abaixo:

  • Mirtilo
  • Pêssego
  • Manga
  • Melão
  • Banana
  • Maçã sem casca
  • Salada verde
  • Tomate
  • Cebola
  • Cenoura
  • Cogumelo
  • Couve-de-bruxelas
  • Feijão
  • Nozes
  • Pistache
  • Amêndoa crua
  • Noz
  • Frango sem pele
  • Peru
  • Bife magro
  • Carne magra de porco
  • Peixe branco
  • Ovo escalfado ou bem cozido
  • Kefir
  • Iogurte natural não adocicado;
  • Queijos: cottage, ricota, de cabra e parmesão
  • Quinoa
  • Cevada
  • Arroz selvagem
  • Arroz integral
  • Aveia (após a terceira semana de dieta)
  • Macarrão (após a terceira semana de dieta)
  • Pão (após a terceira semana de dieta)
  • Batata
  • Ervilha
  • Batata-doce
  • Milho
  • Suplementos de vitamina C, óleo de prímula, levedura de cerveja e probióticos.

Quais as regras e cuidados a serem tomados?

Assim como em qualquer dieta o ideal é tomar alguns cuidados para não ultrapassar os limites impostos por ela.


Uma pessoa acostumada a comer muito durante o dia, fazer cinco ou mais refeições, precisa prestar bastante à atenção, pois o programa alimentar pode causar problemas com relação à fraqueza, devido à fase do jejum intermitente.

É fundamental relatar também que exercitar-se em jejum pode causar efeitos como náuseas, tontura e afetar o desempenho durante o treino.

Portanto, antes de aderir à dieta do guerreiro, consulte um médico e nutricionista, pois sua saúde deve vir em primeiro lugar.

Sendo assim, as regras e cuidados a serem tomados são:

  • Comer menos durante o dia
  • Comer mais quantidades de alimentos à noite
  • Ingerir alimentos frescos e com baixo teor de gordura
  • Parar de comer quando sentir sede, no overeating
  • Treinar 3 a 4 vezes por semana
  • Consumir bebidas não calóricas e alguns snacks, no undereating

Quais os Benefícios da Dieta do Guerreiro?

Um dos principais benefícios é a regulação hormonal, porque ela mantém os níveis de insulina relativamente baixos.


Logo, como não ocorrerão picos de insulina durante a maior parte do tempo, o organismo vai utilizar a outra hormona, o glucacon: hormônio responsável por gerar energia obtida através das reservas de glicose.

Por conta disso, o corpo também fica favorável à produção da hormona do crescimento e da testosterona.

Sem contar, dos outros benefícios que este planejamento alimentar traz ao ser humano:

  • Regulação e potencialização hormonal
  • Diminuição da fome
  • Aumento dos níveis de saciedade
  • Aumento do metabolismo
  • Aumento de massa magra
  • Redução da massa gorda
  • Melhoria do desempenho intelectual e físico

Quais as Indicações e Contraindicações?

A dieta pode ser seguida por qualquer pessoa, desde que ela tenha consultado um médico ou nutricionista para melhor que auxiliar.

No entanto, não a indicamos para pessoas quem buscam o ganho de massa muscular, até porque os alimentos contidos na dieta não são calóricos e o indivíduo fica um bom período em jejum.

Já quem busca emagrecimento e definição corporal, apostar nesta dieta pode ser uma boa pedida!

Por consequência, a dieta só deve ser feita por pessoas saudáveis, mas as contraindicações são para:

  • Gestantes
  • Lactantes
  • Idosos
  • Menores de 18 meses
  • Portadores de doenças crônicas

Quais as recomendações para quem inicia a Dieta do Guerreiro?

Depois de saber de praticamente todas as informações sobre a dieta, há algumas recomendações a serem seguidas para aqueles que vão inicia-la.

Só lembrando, que a tese de Hofmekler é que se a pessoa for capaz de se adaptar à dieta, será capaz de utilizar gorduras como combustível para o corpo, queimando-as, ter mais energia e emagrecer sem precisar contar calorias.

Mas agora, que tal atentar-se em algumas recomendações da dieta? Veja aí!


  • Utilizar alimentos biológico-orgânicos!
  • Dar preferência à utilização de especiarias e ervas aromáticas.
  • Optar pela fruta inteira (com casca)
  • Evitar produtos açucarados e bebidas alcoólicas
  • Comer hidratos de carbono na última refeição noturna para estabilizar s níveis de insulina.
  • Não beber líquidos às refeições
  • Evitar alimentos transgênicos
  • No início é normal sentir fome, mas depois o organismo se adapta.
  • Consumir alimentos ou suplementos ricos enzimas digestivas e probióticos!

Se gostou de nosso conteúdo sobre a dieta do guerreiro, curta, compartilhe e comenta!


No Responses

  1. Avatar for Rodrigo Rodrigo
    Posted on 04/02/2021

Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh