5/5 - (4664 votes)

Hoje você vai ter uma dica que pode mudar o seu pensamento com relação a possibilidade de participar de um swing. Existem muitos medos associados a essa prática e para isso existem muitas estratégias para lidar com todos eles e viver esse mundo com toda a intensidade.

Um grande medo tanto do homem quanto da mulher é fazer um swing com um casal que pode conhecer alguém do círculo de amizades deles e isso se espalhar. O medo desse acontecimento ser conhecido por amigos ou parentes é um dos principais fatores que levam casais a descartar o swing. Mas existe um dica simples para isso.

Ao invés de começar nesse mundo do swing já com as estratégias de recrutamento, onde vocês podem sondar casais que estariam interessados nisso, você podem ir direto para casas de swing. Isso é uma forma muito mais direta de fazer a troca de casais acontecer.

Acontece que o medo de encontrar conhecidos nas próprias casas de swing é enorme. Por mais que você nunca imagine encontrar conhecidos em casas de swing, estes conhecidos também nunca imaginariam te encontrar lá. E é numa condição dessas que as pessoas podem se esbarrar.

A dica hoje é você experimentar as casas de swing pela primeira vez o mais longe da sua casa possível.  Ou seja, se você mora em São Paulo, combine com sua parceira de vocês passarem um final de semana no Rio de Janeiro e visitarem umas casas de swing. E que fique claro que visitar casas de swing não significa que vocês tenham que fazer sexo com ninguém.

Pode ser necessários visitar algumas vezes casas de swing até que você se sintam confortáveis para ter uma relação com outro casal. Mas muitas vezes isso já acontece na primeira vez. Então, voltando a dica… Quando vocês vão para uma outra cidade ou um bairro distante, vocês ficarão muito mais relaxados para viver essa experiência.

Como Funciona uma Casa de Swing

Casa de swing. O termo está cheio mitos e estigmas que muitas vezes não condizem com a realidade. A verdade é que uma casa de swing nada mais é que uma boate onde é permitido o sexo em determinados ambientes – mas não em todo lugar. Entenda como funciona uma casa de swing.

O espaço

O ambiente é o de uma boate normal: música, bebida, pista de dança, alguns postes para pole dance. O sexo não acontece no espaço da boate em si, mas em quartos separados, salas, labirintos e darkrooms. Dependendo da boate, pode haver quartos fechados ou com parede de vidro, isso para satisfazer àqueles que curtem o exibicionismo. Há boates que têm salas escuras onde o sexo acontece de forma grupal e não dá para saber quem está transando com quem, quem está apalpando quem. Do mesmo jeito funcionam os “labirintos” e “corredores”, onde os casais fazem sexo em um lugar qualquer e dá para sentir outras pessoas apalpando quem passa por ali.

Quem entra

Os frequentadores de uma casa de swing são maiores de 21 anos. Normalmente, entram casais e mulheres solteiras, sendo que homens solteiros são permitidos em apenas algumas boates. O preço do ingresso também varia, sendo o mais barato para mulheres solteiras e o mais caro para homens solteiros (no caso de homens desacompanhados serem liberados). Em algumas casas pode até mesmo haver uma checagem para conferir se o casal é realmente um casal ou se o homem está levando uma prostituta, por exemplo. Dependendo da política da casa, este “casal” pode ser até mesmo expulso do ambiente. Outro problema que envolve a participação de prostitutas nas casas de swing é a preocupação com a disseminação de doenças sexualmente transmissíveis.

Das pessoas que entram, em geral os homens são heterossexuais e algumas mulheres são bissexuais. Embora haja homens bissexuais, o mais comum é que eles sejam heterossexuais. Já as mulheres podem entrar também como casal, caso sejam lésbicas e assumidas como casal. Novamente, isso vai depender da política de cada casa.

Outra coisa que é importante ter mente é o fato de que em uma casa de swing a mulher normalmente é a pessoa mais assediada do casal. Portanto, para encarar o swing, não só o homem e a mulher devem ter muita autoconfiança e confiança no outro, mas o cara em especial deve estar de boa com o fato da mulher ser bombardeada por cantadas.

É bom lembrar que a casa de swing também é frequentada por muitos curiosos que vão apenas para olhar. Estas pessoas podem ficar ali pela pista, ir nos corredores, mas sem tirar a roupa, nem aceitar a cantada de ninguém. Não é porque você está em uma casa de swing que é obrigado a sair transando com todo  mundo que vê pela frente.

A abordagem

Para chegar em uma mulher na qual você interessado, primeiramente certifique-se se ela está ou não acompanhada. Se ela estiver acompanhada, aproxime-se dela apenas quando o cara estiver por perto, para evitar confusão. Embora em uma casa de swing sua abordagem possa ser um pouco mais direta do que em uma boate normal (afinal, casa de swing indica sexo), é importante que você não seja insistente. Se ela disser não, parta para a próxima. Ficar insistindo com uma mulher em uma casa de swing pode ser um problemão para você e você pode acabar sendo expulso.

Porque Casais Fazem Swing?

porque casais fazem swing

Por que um casal gastaria de fazer swing se eles estão felizes juntos? A maioria das pessoas têm dificuldade em entender o porquê de algumas pessoas decidirem fazer troca de casal. Quando perguntam a eles por que eles fazem uma troca de casal, a resposta é, porque somos felizes! A maioria das pessoas neste estilo de vida tem muitas coisas boas acontecendo com elas:

  • Elas amam muito seus respectivos parceiros e têm um forte senso de compromisso para que seus relacionamentos tenham sucesso e uma vida longa.
  • Elas têm habilidades de comunicação excelentes e honestas e boa capacidade de resolver problemas.
  • Elas dão suporte um ao outro e têm o desejo de preencher as necessidades do outro, não apenas as necessidades da vida cotidiana mas também as sexuais.
  • Elas também têm uma boa e saudável atitude sexual.

Quando os casais dividem honestamente seus desejos e fantasias, eles sentem que desenvolveram uma ligação íntima. O sexo é uma das atividades mais importantes que você pode dividir com alguém. Sexo também é um impulso natural, saudável, como comer, beber e dormir. Por que pessoas querem fazer sexo com outras pessoas que mal conhecem? Qual é a atração?


Em primeiro lugar, existe um pouco de exibicionismo e voyerismo em todos nós. Algumas pessoas se assustam com esses sentimentos e fazem o que podem para escondê-los. Outros gostam de ceder a eles. Você certamente pode fazer um ou ambos em uma orgia.

Em segundo lugar, está a promessa de uma estimulação visual poderosa numa troca de casal. Observar novos parceiros e outros casais se envolverem em uma variedade de atividades sexuais pode oferecer um intenso prazer sexual.

Qual deve ser sua primeira preocupação? A pergunta que você precisa se fazer é o que poderia acontecer em seu relacionamento se você realizasse suas fantasias? O desejo de preservar o relacionamento que vocês tem um com o outro deve ser compartilhado em respeito a ambos os parceiros. Acima de tudo, faça sua parceira saber que ela é a número um.

Você consegue separar o amor romântico de sexo recreativo? Para praticantes da troca de casal, os atos físicos de prazer sexual, apenas pelo prazer, são diferentes de fazer amor com seu parceiro principal. Dividir nossos desejos mais profundos e experiências sexuais íntimas pode tornar o casal mais próximo, como afirmam muitos casais que fizeram swing. Se você consegue conversar honestamente sobre sexo e sentimentos, você consegue conversar sobre qualquer coisa.

A troca de casal não significa traição. Traição resulta em dor e perda da confiança. Parceiros que são honestos e abertos podem aumentar sua ligação um com o outro. Os casais podem aproveitar a honestidade emocional e sexual favorecida pelo swing.

Como Levar Sua Mulher ou Namorada a Praticar Swing

Você tem interesse em fazer swing, mas você não sabe como discutir com sua mulher ou namorada sobre isso? Este é um assunto extremamente delicado, então é melhor se dirigir a sua mulher colocando-se no lugar dela. Entre na conversa esperando ter sucesso em seu esforço, mas não fique chateado ou frustrado com sua mulher se ela não se interessar imediatamente pela troca de casal.

Abrir sua mente para a ideia de praticar swing é o primeiro passo no processo. Uma vez que sua namorada teve tempo para pensar sobre isso, ela provavelmente virá até você com perguntas e curiosidade. Se este não for o resultado de sua conversa, esteja preparado para que ela comece a pensar se você vai se tornar infiel.

Entender o que realmente é fazer swing pode acalmar a mente e o coração dela e deixá-la mais calma sobre isso. Fazer swing promove a monogamia no amor entre parceiros, mas abre as atividades sexuais para outros fora do relacionamento.

Existem muitas maneiras pelas quais fazer swing pode aumentar e melhorar o relacionamento, mas em primeiro lugar você deve avaliar se o relacionamento com a sua namorada é forte o bastante para suportar este estilo de vida. Fazer swing não é um conserto para um relacionamento problemático, e certamente vai destruí-lo. Por isso, estejam cientes dos prós e contras de introduzir o swing em seu relacionamento.

Prós

  • Fazer swing pode tornar um casal mais próximo. Essa prática envolve um alto grau de comunicação entre os parceiros. Você deve estar sempre por dentro de como o outro está, mantendo-se conectados. Cada experiência é diferente e os níveis de conforto podem aumentar e diminuir. Fique envolvido nas atividades da sua mulher (mesmo que não fique envolvido fisicamente). Garanta que ela esteja se divertindo e tenha controle da situação.
  • Você pode observar a confiança e honestidade alcançarem outros níveis, redescobrir por que se apaixonaram um pelo outro e descobrir um maior sentido de prazer no quarto.
  • Você pode descobrir novas experiências sexuais e novas técnicas que ambos podem usar no quarto. Abrir-se para atividade sexual com outras pessoas vai certamente os introduzir a novas ideias e técnicas que nunca experimentaram antes. A troca de casal é uma oportunidade de vocês encontrarem maneiras novas e excitantes de dar prazer um ao outro durante o seu tempo juntos.

Contras

  • Fazer swing exige um alto grau de comunicação. Se você e sua mulher ou namorada não estão acostumados a ter este nível alto de comunicação, o swing pode ser um problema para vocês. Forçar o envolvimento pode fazer com que ela se sinta sufocada e como se você estivesse tentando controlá-la. Esse tipo de conexão deve ser natural e fluir sem esforço.
  • No começo pode haver a questão de ciúmes a serem superados. Isso pode ser difícil para todos, mas lembre-se de continuar se comunicando e sempre tenha consideração e compreensão se sua mulher se sentir assim. De sua própria maneira, dê segurança quando ela tiver mesmo e faça as coisas devagar. Deixe-a tomar a liderança e ditar a velocidade em que as coisas procedem
  • Você pode descobrir que não está tão interessado na troca de casal como você originalmente tinha achado, mas que sua mulher está! Este estilo de vida é feito de tal maneira que a mulher tem o controle verdadeiro do jogo. Geralmente as mulheres têm a palavra final sobre quem brinca com quem, quando vocês brincam e o que fazem com seus parceiros. Por isso, cuidado com o que deseja.

Garanta que esse processo seja mútuo. Discuta abertamente sobre seus desejos e interesses, descubra se a sua mulher tem alguma fantasia não realizada. Concorde em satisfazer suas curiosidades sexuais em troca e que seria um prazer fazer isso. Tenha a mente aberta! Se ela estiver disposta a se abrir com você, receba bem, não fique julgando. Considere que o que você está pedindo a ela pode estar um pouco fora de sua zona de conforto e que as fantasias dela podem estar fora da sua.


Definir regras e limites é fundamental para todos que praticam swing. Determine antes de qualquer atividade o que vocês dois estão interessados, quais parceiros em potencial vocês podem estar buscando e como gostariam de achar e conhecer outros praticantes do swing.

Existem muitas maneiras de encontrar e conhecer outros praticantes com interesses similares. Anúncios de swing viraram uma coisa do passado, enquanto sites de swing estão se tornando uma escolha popular para localizar swingers com os mesmos interesses. Em muitos, você pode fazer um perfil grátis e instantaneamente começar a fazer uma busca entre outras centenas de swingers baseados em nichos. Você também pode encontrar eventos e festas locais.

Clubes de swing e organizações locais são outra ótima maneira de se envolver no estilo de vida e conhecer outros swingers. A maioria dos clubes promove festas privadas e eventos, no entanto o preço da entrada pode ser alto para novatos na troca de casal. Também considere a premissa destas festas em clubes e que as festas vão envolver sexo no local, ainda que seja privado ou semiprivado.

Três Passos Essenciais Para Fazer Sua Parceira Praticar Swing

Infelizmente, o fato do swing envolver outras pessoas em sua intimidade sexual em casal, é motivo para medo e preocupações. No entanto, praticar swing da maneira correta pode não apenas ser extremamente divertido, como também fazer o casal se tornar muito mais próximo em seu relacionamento.

As três etapas descritas aqui já são muito efetivas para transformar esposas mais relutantes, em esposas receptivas à idéia de praticar swing. Você verá que não tem nada a ver com coagir ou pressionar sua esposa a praticar swing, mas sim, criar uma base e um “ambiente sexual” em seu relacionamento que irá tornar os conceitos do poli-amor, ou swing, algo natural.


Passo 1: Você e Seu Relacionamento

O primeiro passo é perceber que para praticar swing corretamente a grande questão são você, sua parceira e seu relacionamento. O intuito não é preencher vazios no relacionamento de vocês, nem em sua vida sexual. Antes de partir para o swing, você deve se concentrar em acertar o seu relacionamento.

Passo 2: Foque em Sua Parceira

O seu objetivo é fazê-la se sentir amada, fazê-la sentir que, pra você, ela é a pessoa mais sexy do mundo. É importante garantir que ela saiba que você se preocupa com ela e nunca irá machucá-la. Muitas pessoas têm dificuldade em expressar esses sentimentos, principalmente se já estiverem no relacionamento há muito tempo – pode ser que você sinta que sua atração por sua parceira não é mais a mesma.

Pode ser que você ache que sua vida sexual se tornou chata, e é por isso que você quer experimentar praticar o swing, para dar um toque de variedade. Você precisa contornar essa situação. Experimente coisas novas, tente fazer algumas coisas que costumavam fazer assim que se conheceram.

Passo 3: Reforce sua Atração por sua Parceira

O terceiro passo consiste em simplesmente reforçar sua atração por sua parceira e construir um elo de confiança entre vocês dois. Quanto mais confiança você criar, mais ela irá saber que seu desejo de explorar novas aventuras sexuais não são uma tentativa de substituí-la por outra pessoa.

Muitos casais acreditam que praticar swing ou sexo a três pode vai causar problemas ao relacionamento, como ciúme. No entanto, se você seguir os passos acima você irá ver que esses problemas só existem por causa da insegurança do casal. Se houver confiança plena entre os dois, esses problemas dificilmente irão atrapalhar.

Dicas para a Troca de Casal dar Certo

Quando muitos casais param e percebem que a sua vida sexual anda um pouco insatisfeita, que está caindo na rotina e ficando sem graça, sem fogo e não os excita mais, começam a pensar em maneiras para reverter essa situação. Logo vêm à cabeça as mais diversas fantasias sexuais de ambos: ménage à trois, brinquedos eróticos, sexo em público, troca de casal… Enfim, uma variedade enorme de opções.

Agora, vamos falar um pouco sobre esta última: a troca de casal, que consiste em encontrar um outro casal, ou na mesma situação ou que já seja um amante dessa fantasia e a pratique regularmente. Existem algumas normas a serem seguidas para que tudo dê certo como o planejado durante e depois uma troca de casal.

Estabeleça os Limites da Troca de Casal

Primeiro de tudo, já que tocamos na palavra… Isso realmente deve ser muito bem planejado! É de extrema importância que o homem e a mulher sentem-se para conversar, antes mesmo de pensar na ideia de fazer uma troca de casal, para avaliar até que ponto poderão chegar durante a fantasia, quais serão os limites impostos um ao outro, o que será liberado e etc.

Por exemplo, estabelecer os limites de aproximação e intimidade para com os convidados. É preciso saber o que poderá ser feito com a outra mulher por parte do homem, e vice-versa. Uma investida a mais na troca de casal pode acabar com um relacionamento, se estiver fora do que foi planejado. Por isso mesmo, é muito importante estar delimitado com antecedência até onde a fantasia pode chegar.

Não Faça com Conhecidos

Outro conselho de importância tremenda para aqueles que forem iniciar a fantasia da troca de casal é não envolver amigos e conhecidos nela. Evite maiores problemas relacionados a ciúmes por isso, pois quando se trata de pessoas mais próximas, eles se afloram. A melhor escolha é procurar em sites de encontros casais que estejam à disposição para isso, ou ir à casas de swing na sua cidade.


Quando se insiste na ideia de troca de casal com amigos, as coisas podem não ir muito bem, pois quando o homem der mais atenção à amiga, ou a mulher mais atenção ao amigo, acarreta ciúmes e discussões, podendo acabar com uma amizade ou até mesmo resultar no fim de um relacionamento.

Esqueça os Vídeos Pornô

É muito importante que você, assim que chegar ao local do ménage, esqueça o que vê nos filmes pornôs! Eles fantasiam demais a situação, pois como você sabe, os atores e atrizes não estão ali para sentir prazer, e sim estão atuando de uma forma com que quem esteja assistindo o sinta – em troca de dinheiro. Você não vai conseguir fazer e aguentar tudo como aquele cara, e as mulheres talvez não topem muitas coisas também.

Troque de Camisinha

Essa dica de sexo a três pode ser tratada como regra. Você não conhece – e mesmo conhecendo – no mínimo uma dessas mulheres com quem está transando. Se é recomendável utilizar preservativos com uma pessoa, imagine com duas? Imagine então utilizar a mesma camisinha com duas mulheres, correndo o risco de transmitir qualquer tipo de DST em dose dupla? Nunca se deve utilizar a mesma camisinha com duas garotas.

Divida as Atenções

Você não pode, de maneira alguma, dar mais atenção para a outra mulher que não a sua. Isso pode sair como um tiro no pé, pois se você teve um árduo trabalho para conseguir fazer isso, ela com certeza não gostará e vai acabar nunca mais querendo fazer isso de novo contigo. Pior, pode até terminar a sua relação por isso – a não ser que vocês sejam já íntimos dessa fantasia.

A ideia da troca de casal é curtir os dois lados nas mesmas proporções, mas se for para curtir uma delas a mais, que faça isso com a sua mulher. Deve-se tomar um cuidado enorme nesse ponto!

Não Faça Comparações

Para finalizar, uma das dicas mais importantes para fazer uma troca de casal dar certo é não fazer comparações da performance no sexo da sua mulher com a mulher que você transou naquela noite. Tenha consciência de que isso pode arruinar as suas chances de fazer swing novamente e entenda que, realmente, é algo bastante ofensivo e humilhante para uma mulher ouvir.

Em hipótese alguma, nos dias e meses seguintes, volte a lembrar que “o que aquela mulher fez foi incrível” e proponha a sua mulher tentar fazer igual, pois isso vai soar para ela como uma crítica. Ela vai pensar que não te deixa satisfeito e que você não tira da cabeça as coisas que a mulher com quem você transou na troca de casal fez com você.

Enfim, espero que essas dicas e recomendações listadas acima sirvam para te preparar melhor e saber realizar todo um planejamento, você e sua mulher, antes de pensarem em realizar a fantasia da troca de casal para apimentar uma relação que anda em baixa. Pense em todas as consequências e a proporção que essa escolha pode tomar, e nunca esqueça os cuidados que deve-se tomar após a realização deste.

Se você seguir prontamente tudo isso, as chances de você e sua mulher curtirem a noite e ficarem com o desejo de realizar isso mais vezes, mantendo uma vida sexual ativa e satisfatória para ambos, é grande. Tenha uma boa sorte!

Fazer Swing Numa Festa De Sexo

menage_a_trois

Então vocês estão interessados em ir a uma festa de sexo para fazer swing, mas não sabem ao certo por onde começar? Felizmente, esse tipo de festas costuma acontecer em quase todo lugar, principalmente em grandes cidades, mas costumam ser eventos “secretos” e reservados.


Normalmente os convites para essas festas são feitos pessoalmente, e são bem difíceis de conseguir. Para conseguir o seu é necessário fazer alguns contatos.

5 Dicas importantes

Camisinha Sempre

Em festas de sexo, camisinhas são absolutamente indispensáveis. Se você planeja fazer swing (sexo com alguém alem de sua parceira), é essencial que use camisinha. Um bom anfitrião costuma oferecer camisinhas e lubrificantes no próprio local da festa, mas não custa nada se garantir e levar os seus.

Álcool é Escolha do Anfitrião

Dependendo da festa que você for, o anfitrião pode ou não liberar o consumo de álcool no local. Isso acontece porque pessoas bêbadas costumam ser menos discretas ao fazer swing e apresentam uma grande chance de criar problemas que podem arruinar a festa. Certifique-se de se informar sobre a situação do álcool nas festas que você for.

Tudo Tem Que Ser Consensual

Lembre-se da regra de ouro do sexo – qualquer coisa que aconteça entre dois adultos em consenso está valendo, contanto que ninguém se machuque. Busque ficar por perto, ao fazer swing, de pessoas que tenham gostos ou interesses parecidos com os seus. E, lembre-se de não julgar ninguém, pois uma festa de sexo não é local adequado para alguém que pretende julgar os outros pelo que eles estão fazendo. Lembre-se também de pedir o consenso da outra pessoa para tudo que você quiser fazer, por mais que queira apenas dar um tapa no traseiro de alguém.

Caras Solteiros Não Costumam Ser Permitidos

Em muitas festas ou clubes de sexo requerem que os homens estejam acompanhados por mulheres para que possam entrar e fazer swing. Ser o “solteirão querendo pegar alguém” é algo que não lhe tornará bem vindo.

Mulheres solteiras, no entanto, costumam ser bem vindas, já que muitos casais estão à procura de uma terceira companhia feminina para se juntar à diversão. Lembre-se da regra de todas as festas de sexo: Mantenha a segurança, educação e divirta-se.


Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh