in ,

TRAIÇÃO: QUEM AMA NÃO TRAI. Será verdade isso?

Será mesmo que este é um assunto tão válido? Vejamos o que a traição tem a dizer.

Você já deve ter ouvido esta frase por aí: “escondido é mais gostoso”. Apesar dela fazer sentido quando um casal apaixonado curte suas fantasias nos momentos mais ousados possíveis, ela é usada com mais frequência em um contexto não muito nobre, se é que me entende… É de traição mesmo que estamos falando, jovem.

Por incrível que pareça, este é um assunto bem delicado quando se trata da vida em casal. Não por ser algo “legal”. Na verdade, não é nem um pouco, mas já vamos chegar nessa parte. A questão é que o tema traição sempre é envolto de controvérsias, tanto por parte dos homens como das mulheres.

Então, respondendo a pergunta acima, a resposta pode ser tanto sim como não. Vejamos o porquê de uma resposta tão ambígua.

As causas, motivos, razões e circunstâncias da Traição

Existem diversas causas e razões para a Traição

O subtítulo acima não é uma tentativa psicológica de falar sobre o assunto, jovem. Está mais para uma daquelas referências que algum barbudo, acredito eu, vai pegar facilmente. Enfim, o que importa para nós, de fato, é que existem razões para que este assunto ainda seja visto com um certo tabu para ambos os sexos.

Só para deixar claro: trair nunca é algo legal, independente dos motivos e desejos por trás deles. E é justamente aí que as discussões se tornam tão difíceis para ambos os lados: o que levou a tal atitude? Nem que seja só cogita-lo?

Parte deste assunto ser um tanto difícil de falar vem da cultura na qual estamos cercados. Muitos homens foram criados com aquela ideia de serem o “macho alfa”, o cara que vai se deleitar com várias garotas, e está tudo “certo” com isso. Por outro lado, as mulheres por muito tempo não tiveram esse tratamento, não sendo consideradas “boas para ter um relacionamento”.

Volto a declarar aqui, jovem: traição não é legal para ninguém. Mas muitos casos secretos começaram justamente por conta deste tipo de desigualdade quando o assunto é relacionamentos. E isso diz respeito a tudo. das preocupações diárias até as intimidades mais profundas de ambos.

Vejamos alguns exemplos de casos, para os (as) jovens analisarem e refletirem um pouco. Deixem nos comentários suas próprias questões também.

Os Problemas comuns de Casal

Identificar a causa da Traição é uma forma simples e direta de resolver

A maior parte das traições entre casais surgem de algum problema anterior. Mais especificamente, da falta de alguma coisa que ambos tinham em determinado momento, e que de certa forma se perdeu de algum dos lados. Em situações, um pouco mais raras, tenha a ver apenas com o fato da pessoa, seja ele ou ela, ter essa natureza mas lasciva, procurando uma dose de perigo.

Por hora, vamos nos atentar apenas nas possibilidades plausíveis.

  • Ciúmes – Insegurança, sensação de posse, desconfiança, ou situações chatas e muito específicos… Estes são apenas alguns possíveis motivos para levar a uma das partes terem ciúmes. Mesmo que se diga que ter ciúmes é parte normal de um relacionamento, seu excesso torna o relacionamento cansativo, a ponto de possibilidades como a traição serem consideradas.
  • Falta de EstímulosTodo barbudo e barbudete que já namorou por longos períodos sabe desse aspecto: quando não há algum tipo de estímulo, desde aqueles mimos diários, ou falta de interesse em estar juntos por mais tempo, a tendência é que a relação fique monótona, e uma das partes, ou ambas, queiram realmente algo além da relação.
  • Falta de Sexo – Acha que é exagero, ou pior ainda, que é absurdo? Pois não duvide: sexo é uma parte muito importante na vida de um casal, por vários motivos. Inclusive, é uma das melhores formas de afeto. Quando falta, ou não é prazeroso para ambos, a tendência é realmente ter um relação mais “sem graça”. Comparecer sempre é importante…

A lista pode ir muito mais longe, jovem. Na verdade, mesmo alguns dos motivos que falamos acima apenas tocam a superfície do assunto, e nem sempre são eles os responsáveis por uma traição. E compreender tais razões, tanto de sua parte como da parceira (o), é um dos passos mais maduros e saudáveis para resolver uma questão do tipo.

As Tentações

A Traição nunca é legal, mesmo com as supostas tentações

Seja por revolta, fragilidade, tristeza, ou quaisquer outros motivos, o ato de trair não deixa de ser uma tentação maligna. Tem quem goste de viver esse perigo: os segredos, o ato de fazer algo proibido, e se sentir “vivo” quando a normalidade parece não ter graça. E mais do que cair nessa falsa tentação, existem os que se aproveitam disso também…

Enfim, longe de levar o assunto para o lado mais romântico – daqueles bem mexicanos, por assim dizer -, é fazer com que a vida a dois seja ousada e interessante. Por que não “trair” com o próprio namorado (a)? O romantismo nesse assunto muito se deve a imaginar como é fora da relação.

Buscar ousadias entre os dois, abrindo-se a fantasias, saindo da normalidade sempre que possível, é talvez a melhor forma de não considerar uma traição. Mas lembre-se que não existe uma fórmula definitiva, uma receita de bolo garantida que impedirá esse tipo de situação.

Qual a melhor forma de lidar com uma situação do tipo?

Tente lidar com a Traição, a vida vale muito mais a pena do que ela

Ninguém está isento de uma traição. Ela pode acontecer até com um casal aparentemente saudável em uma relação. Lembre-se que pessoas são diferentes em diversos pontos, inclusive para lidar com casos delicados como estes.

A melhor forma de lidar com o caso é de fato uma boa conversa. Mudanças de comportamento que indiquem algo do tipo, ou a falta de conversas mais aprofundadas, ou simplesmente um peso na consciência, abrem brechas para que o assunto seja conversado da melhor forma possível.

Independente das razões que levaram a traição, quando ela acontece as feridas são pesadas no lado que sofreu. Trata-se de uma quebra de confiança difícil de ser reparada. E é por esta razão que o perdão é tão complicado de ser aceito.

Cabe aos homens e mulheres que passaram por esta situação decidirem de fato o que fazer. Mas para que a experiência seja menos traumática, jogue limpo, e exija isso do lado oposto, não importando quem causou ou sofreu.

Quando se lida com a traição de uma forma aberta, as cicatrizes levam menos tempo para cicatrizar. E aqui fica meu conselho aos barbudos: se você sentiu esse tipo de vontade, ou sente que ocorreu, seja sincero. Converse, busque uma solução em conjunto, pois não há nada mais doloroso do que a dúvida e a insegurança que algo do tipo gera. Até a próxima.

Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.

TRAIÇÃO: QUEM AMA NÃO TRAI. Será verdade isso?
Avalie este artigo

Deixe sua pergunta ou opinião

Written by Rodrigo

Avatar for Rodrigo

Barbudo com interesses diversos, expert em produtos para barba e cuidados, porem focado em ajudar outros barbudos em como cuidar melhor de suas barbas e ter seu estilo próprio.
Tem alguma dúvida? Pergunte-me e irei lhe ajudar no que for preciso para deixar sua barba top!

Porque Thammy Miranda tem barba e você ainda não!?

Pizzaria clássica ou pizzaria moderna? Qual a melhor escolha?