4.1/5 - (1186 votes)

Uma das críticas mais comuns que os homens costumam ouvir quando deixam a barba crescer é que seriam um sinal de falta de higiene. O que é um grande absurdo: ter uma boa barba significa bons cuidados, amadurecimento e até uma boa imponência dependendo dos seus cuidados. Mas já chegamos nessa parte, pois hoje vamos falar de um outro tipo de barba: a barba que cura.

Parece um título digno de fantasia ou daqueles produtos duvidosos que passam na televisão, porém está bem longe disso. Trata-se de uma descoberta valiosa tanto para a medicina, como para os apreciadores das barbas, já que elas são capazes de produzir um antibiótico poderoso. Saiba então o poder da barba que cura.

A Descoberta da Barba que Cura

barba que cura

A pesquisa que levou a esta descoberta surpreendente foi publicada no Journal of Hospital Infection. Realizada em um hospital americano, foi constatado que as barbas são capazes de produzir um antibiótico eficaz contra vários tipos de infecções. O que chamou atenção para o estudo fora justamente o ambiente no qual fora realizada.

As barbas geralmente são mal vistas em ambientes clínicos, pois contam com bactérias muitas vezes responsáveis pelas infecções hospitalares. Em alguns centros médicos, chega a ser uma norma manter o rosto barbeado para diminuir o risco de infecções.

Na tal pesquisa, foram coletados materiais genéticos de funcionários tanto com barba como sem. Ao total, foram coletados materiais de 408 rapazes, e foi aí que surgiu a surpresa: os funcionários barbeados tinham três vezes mais proeminência de bactérias em relação aos homens não barbeados.

O que os pesquisadores perceberam é que existe uma superbactéria presente nas barbas, que destrói de maneira silenciosa a maioria das outras presentes. Adam Roberts, um renomado microbiologista britânico, identificou os organismos presentes nos pelos faciais como uma parte da espécie Staphylococcus epidermidis, que eliminou sem problemas algumas bactérias responsáveis por infecções urinárias em um de seus testes.

Resumindo em boas palavras: suas barbas podem se tornar excelentes antibióticos, ajudando tanto a si próprios como pessoas próximas! Então, caso alguém queira falar mal da sua barba por ela não representar boa saúde, já pode dizer que elas curam problemas que nenhum homem de “cara limpa” conseguiria.

Mas para que você consiga dar essa “carteirada” com a sua barba, primeiro é preciso tomar alguns cuidados importantes. Afinal de contas, de nada adianta ter uma barba que cura se ela traz outros problemas que anulam suas vantagens, não é mesmo?

Veja o que você precisa.

4 Dicas para Você manter uma barba bem cuidada

barba que cura 2

Aqui mesmo no blog, você já possui várias dicas e passo a passos para cuidar da sua barba de uma maneira satisfatória. Vamos mostrar alguns deles para você, enquanto damos algumas dicas bem resumidas de como você pode cuidá-la muito bem e garantir esses antibióticos valiosos.

1 – Invista em Produtos de Qualidade

Balm, shampoo, óleos e ceras são algumas das opções que pode utilizar para manter a barba bem cuidada. Mas não use todos de uma vez: para cada tipo de barba, existe um produto de acordo, e você precisa saber a sua para evitar desastres durante a limpeza.

E não se esqueça, que para uma barba de respeito, você precisa de produtos que sigam esta linha de qualidade. E é claro que você pode encontrá-los em nossa loja. Pelos produtos escolhidos, já causará uma boa impressão.

2 – Transforme a Atitude em um Hábito Natural

Cuidar da barba de forma correta e adequada não deve ser apenas um hábito casual e apenas quando “senti-la suja”. Assim como você lava os cabelos com frequência, o mesmo se aplica aos pelos faciais. Se você fizer apenas de vez em quando, além dos efeitos não se manterem por muito tempo, os antibióticos presentes na mesma podem não fazer o mesmo efeito, já que trazem problemas tão graves quanto.

Portanto, você pode começar com uma boa atitude ao manter a limpeza das barbas, e gradativamente tornando-a um hábito tão normal quanto tomar banho ou escovar os dentes. Não se esqueça disso.

3 – Mantenha-a Bem Aparada

beard-care-600

Para quem possui barbas grandes, sabe que cada parte delas pode ter um ritmo de crescimento diferente, criando alguns visuais bem estranhos se não forem aparadas de acordo. Você pode fazer isso com tesoura e pente, ou com aparelhos próprios, se souber. E podemos te dar uma mão neste pequeno guia.


Manter a barba aparada não é apenas um cuidado básico importante, mas um convite ao estilo. Ao longo da história vimos estilos dos mais variados, e o entretenimento continua oferecendo ideias variadas. Quando estiver fazendo a sua, cabe a oportunidade para criar novos estilos.

4 – Procure um Bom Barbeiro (ou Barber Girl)

Se você não dispõe de muito tempo para cuidar da barba por si próprio, procurar por um bom barbeiro é a solução. Enquanto você pode realizar os cuidados mais básicos, o barbeiro pode vir com um tratamento mais completo. E junto do corte dos cabelos, você terá a garantia de um visual mais caprichado.

Mas se um barbeiro não é lá sua praia, as barber girls estão surgindo com cada vez mais força. Unindo competência, carisma e beleza, as barber girls são especializadas nos cortes e barbas masculinos, oferecendo as opções mais variadas possíveis. E uma tipo  especial delas pode chamar sua atenção…

Trazendo Saúde com Estilo

A descoberta da barba que cura é uma generosa novidade para quem ostenta os pelos faciais com os devidos cuidados. Agora, além de criar estilos e manter sua imponência entre seus chegados, seu corpo está protegido contra doenças que muitas vezes chegam sem causar impacto, e causam belos estragos no seu organismo. Aproveite esta oportunidade para testar o seu visual com uma barba volumosa, e descobrir as vantagens que ela tem a oferecer.

Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.


No Responses

  1. Pingback: Como crescer a barba – Formula 28
    Posted on 01/03/2018

Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh