4.2/5 - (609 votes)

Você já percebeu que os cuidados com as barbas criaram todo um segmento de produtos específicos, com opções variadas para os vários tipos, gostos e estilos. E seu crescimento tem se tornado cada vez maior nos últimos anos graças as novas tendências e o incentivo ao crescimento dos pelos faciais, como foi o caso do “Novembro sem Barbear”, Movember na gringa, um campanha realizada nos Estados Unidos. Mas tem um mercado que não está nada bem com estas mudanças: os de produtos para barbear.

Se por um lado uma indústria tem crescido e muito, por outro o segmento oposto começa a apresentar quedas vertiginosas. É a primeira vez em tempos que os setores de produtos para se barbear começaram a presentar queda. Nos Estados Unidos, de 2013 para 2014 o prejuízo foi de nada menos do que US$ 2,3 Bilhões na área.

Mas o que de fato tem levado a estas mudanças?

As Novas Tendências não Incluem os Produtos para Barbear

produtos para barba

Houve um tempo em que as barbas por fazer eram um sinal de falta de educação ou mesmo de higiene em alguns lugares. Hoje em dia, este pensamento se restringe apenas a uma parcela pequena, e esta em ambientes muito específicos. De forma geral, o uso de tem sido mais aceito pelas pessoas, o que torna o incentivo mais natural para quem gosta de cultivá-las.

Soma-se a isso a falta de atualização dos próprios produtos para barbear. Quem possui o hábito de tirar a barba, sobretudo quando elas crescem numa velocidade descomunal, sabe o quão chato e demorado é se barbear.

As lâminas descartáveis estão em preços abusivos, os produtos para o processo – como loção pós barba e creme – sofrem do mesmo mal, e muitos homens simplesmente desistiram de se barbear por ser mais econômico.

E por fim, estamos em um momento em que a liberdade para apostar em novos visuais é vista com bons olhos. Além de tendências como os homens metrossexuais, o uso da barba tem sido incentivado por celebridades do cinema e da televisão.

Todos estes fatores pesam em uma indústria que depende de pontos tanto estéticos como sociais. E se você se identificou com um dos aspectos acima, sabe que isto é bem verdade. Caso discorde de alguns deles, podemos colocar um parâmetro em que possa aproveitar ambos os segmentos para ter um visual bem mais chamativo.

Produtos para Barbear X Produtos para Cuidado das Barbas

george-clooney bearded vs shaved

Obviamente, não existem produtos que atendam igualmente dois públicos tão diferentes como os de cuidados para barba, e produtos para barbear. Mas caso esteja em dúvida sobre este aspecto – em deixar ou não a barba crescer em relação ao custo benefício – podemos listar alguns pontos para que fique atento e faça uma decisão adequada.

Preço dos Produtos

Um dos fatores que tem atraído mais adeptos ao uso da barba em detrimento aos de “cara limpa”. Enquanto os produtos para barbear sejam pequenos em quantidade (um aparelho ou navalha, loção e espuma para barbear, basicamente), seus custos podem se tornar bem altos, principalmente se você se barbeia com frequência.

No caso dos produtos para manter a barba, a quantidade varia pelo seu estilo (pomadas, gel, e cremes específicos), e é possível encontrar preços bem mais acessíveis. E caso você não seja um usuário frequente de produtos, uma tesoura é o suficiente para para fazer a aparação correta.

Normalmente os óleos e balm para barba em uma barba volumosa de 5 centímetros dura de 3 a 4 meses, isto quando a aplicação é diária, ou seja rede muito mais!

Tempo Útil

Outro fator importante a se pesar nos dois segmentos é o tempo gasto tanto para aparar e cuidar da barba propriamente, ou tirá-la de uma vez. Para quem costuma tirar a barba e precisa de rapidez, pode encontrar uma certa dificuldade, já que existem todo um processo para se barbear, e a menos que faça antes de dormir, ele pode ser bem demorado.

Entre os produtos para cuidar da barba, o único caso em que o tempo pode ser um empecilho é quanto ao hábito de aparar a barba. É preciso atenção, e mesmo um preparamento, para saber exatamente onde cortar para deixar o visual atraente para você mesmo. Quanto aos produtos, você pode variar na frequência que desejar, mas dificilmente vão passar o tempo de uma escovação de dentes, por exemplo.

Variação nos Estilos

Sejamos justos: para quem se barbeia com frequência, há uma boa dose de criatividade ao retirar os pelos faciais. Você pode ver isso em que costuma deixar apenas o cavanhaque, o bigode, as costeletas, e tantas outras combinações a partir delas. Para tanto, basta visualizar bem o que vem antes.


Com as barbas cheias pode ocorrer o mesmo. Das barbas vikings e Full Beards, passando pelos estilos mais diferenciados e exóticos, os produtos para os cuidados da barba permitem combinações tão interessantes quanto. E para quem não tem limites para a criatividade, a escolha dos produtos é um tanto irrelevante.

Sobe como encontrar o estilo de barba perfeito para seu rosto? Se liga aqui neste post Como achar o melhor estilo de barba para seu rosto.

Qualidade de Vida

Esta é uma comparação cujo resultado final é dado por você. Dizer que é melhor com barba ou sem barba é um tanto relativo, mas podemos listar muitas, mas muitas vantagens que os pelos faciais podem trazer a você nos ambientes profissionais, sociais, pessoais e até na saúde. Se você já mantém a barba, sabe o quanto ela é proveitosa. E se tira com frequência, pense no que poderia conquistar apenas nesta mudança drástica no visual.

Em todos os casos, o que importa é que fique em paz com o seu visual.

Qual a Sua Posição nesta Escolha?

barba cheia

A indústria dos produtos de barbear estão encarando uma mudança drástica no mercado, e a menos que elas saibam como inovar os métodos, as propagandas e se adaptar ao novo parâmetro, terão que amargar enormes prejuízos. E mesmo que isto não se relacione diretamente a você, fazer uma boa escolha de produtos e meios de manter a sua barba devem ser feitas com sabedoria. Portanto, faça uma boa escolha observando as particularidades acima como referência, e aproveite seu visual.

Você pode se cadastrar em nossa newsletter para receber os conteúdos com exclusividade.

Newsletter


Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh