4.2/5 - (1807 votes)

4.2/5 - (1807 votes)

Repleta de atrações para todas as idades, a Oktoberfest vai muito além da cerveja e é sucesso de público em todo o mundo. Celebrando as tradições germânicas, o festival cresce a cada ano, atraindo imigrantes de toda parte até a Baviera para a maior festa do planeta — no entanto, diversas cidades com a herança germânica reproduzem o festival com ótima qualidade em nível global.

42775495_xxl-w700

Não é à toa que o Brasil tem a segunda maior Oktoberfest do mundo. A imigração alemã no sul do país é considerável e o brasileiro gosta de festejar. Para você que quer saber mais sobre as origens desse festival e pretende comparecer no Brasil ou em Munique, a seguir traremos um guia completo sobre a Oktoberfest!

O que é a Oktoberfest?

um-guia-completo-sobre-a-oktoberfest.jpeg

A Oktoberfest é o maior festival de rua do mundo, maior até mesmo que o Carnaval. Foi criada em 1810, como forma de celebrar o casamento do rei bávaro Ludwig I com a Princesa Tereza da Saxônia. É um festival regado à cerveja, com barraquinhas de produtos e atrações tipicamente alemãs, celebrado originalmente na cidade de Munique, no estado da Baviera, sul da Alemanha — e ao redor do mundo em datas aproximadas da original.

No entanto, nos primeiros anos de festa o vinho era a bebida principal consumida. Só muito depois, em 1918, com os vendedores de rua, é que a cerveja foi se popularizando nos canecões.

Em 1810, a festa em homenagem à noiva, para a qual todos os moradores de Munique estavam convidados, tomou o Parque Theresienwiese, local que se tornou a casa da festa desde então. O sucesso da ocasião fez com que se marcasse outra em outubro do ano seguinte, e então, ano após ano, foi sendo consolidada a tradição.

Na Alemanha, a festa tem seu pontapé inicial no sábado subsequente ao 15 de setembro e se estende por duas semanas, até o primeiro domingo de outubro. O mês é a grande referência para o nome, que significa ‘Festa de Outubro’ em português. Cerca de dez milhões de pessoas comparecem ao festival anualmente.

Tradições típicas

Desde as mais populares no país até os clássicos tradicionais, passando pela eletrônica e os sucessos globais, a música é um fator importantíssimo da celebração e uma de suas marcas. Outro fato cultural é o rito de passagem de garotos para homens, muitas vezes realizado na primeira ida à festa desses rapazes.

45336414_xxl-w700

A gastronomia bávara está presente com os salsichões e o joelho de porco. A diversão é para todas as idades: roda-gigante, montanha-russa, desfiles, danças folclóricas, os clubes de caça e tiro e arco e flecha.

Os trajes

Representantes das origens do festival, os trajes típicos masculinos se caracterizam assim:

Chapéu: típico germânico opcional.

Camisa: de manga curta ou comprida, com colarinho e de cores harmoniosas ao traje.

Calça ou bermuda: calça Lederhosen, originalmente de couro, que vai até o joelho, ou a bermuda que fica um palmo acima.

adult-mr-oktoberfest-guy-costume-998026-w700

Suspensório: os suspensórios presos na calça são de uso opcional.

Colete: desde que combinem com o traje.

Meias: até o joelho, são obrigatórias.


Sapato: social fechado ou a botina com cadarço do mesmo tom do calçado.

Já o traje feminino é formado por:

Vestido: com detalhes de renda ou bordado, até a altura do joelho.

Avental: opcional, acima do comprimento do vestido.

Meias: meias ou polainas alemãs, até o joelho ou panturrilha.

Blusa: de manga longa ou curta, harmonizando com os tecidos do traje.

Sapato: sapato ou sapatilha fechada ou o tamanco de madeira, típico germânico, sem deixar os dedos à mostra.

Acessórios: ficam à gosto, como a tiara florida, o chapéu, a bolsa e o lenço.

A Cerveja

Nos 16 dias de festival, uma média de 7 milhões de litros de cerveja são consumidos na Baviera. Diferente do que muitos pensam, a bebida servida é chamada de Oktoberfestbier — produzida por seis cervejarias sediadas em Munique, não trata-se de uma cerveja comum propriamente. É bom respeitar a tradição e chamá-la por esse nome se não quiser problemas com os locais.

25905365_xxl-w700

Seu teor alcóolico é de respeitáveis 6%, bem acima das convencionais. Comumente a Oktoberfestbier é servida em canecas ‘Stein’ de 1 litro! A bebedeira só está liberada quando o prefeito de Munique abre o primeiro barril e declara o ‘O’zapft is’, O preço é uma questão política e o litro costuma sair por, pelo menos, 10 euros.


Oktoberfest em Blumenau

oktoberfestblumenal

No Brasil, o festival começou em 1976, na cidade de Itapiranga, em Santa Catarina. Hoje em dia, a festa realizada em Blumenau é referência no país, considerada a maior festa alemã nas Américas e a segunda mais relevante do mundo.

A cidade de Blumenau foi fundada por imigrantes alemães em 1850 e mantém suas raízes até os dias de hoje. Mais de meio milhão de pessoas participam do evento anualmente. Seus frequentadores podem desfrutar de cervejas locais e alemãs, comida tradicional bávara, música e um desfile em moldes parecidos com os do festival de Munique, contemplando a riqueza cultural da herança germânica.

Entre os principais atrativos estão os passeios pela Rota Histórica, a Rota Arquitetônica Vila Itoupava, o Parque Ecológico Spitzkopf e o Museu de Ecologia Fritz, além da preferida do público: Rota das Cervejarias Artesanais

No Parque da Vila Germânica, sede principal do evento, os destaques são:

Concurso Nacional de Tomadores de Chope por Metro

Ganha o concurso quem consegue tomar um metro de cerveja de barril no menor tempo, sem derramar ou tirar o copo da boca — apenas competidores acima de 18 anos. A competição acontece durante várias noites do evento, e no fim, são premiados os mais rápidos de todos os dias, no masculino e feminino.


Desde 2012, a bebida utilizada é sem álcool, pois o intuito da competição é encontrar o bebedor mais rápido, aumentando a gama de participantes.

Rainha da Oktoberfest

44848341_xxl-w700

São dez candidatas que disputam o título de rainha do festival. Com os trajes típicos, elas competem nos quesitos postura, desenvoltura na passarela, capacidade de expressão, beleza e simpatia — além da rainha, são coroadas a 1ª e 2ª princesas.

Onde mais?

São Paulo/SP, Marechal Rondon/PR, Ponta Grossa/PR, Igrejinha/RS e Santa Cruz do Sul/RS também têm suas versões.

O festival ao redor do mundo

A festa é replicada em outras cidades do mundo: Cincinatti e Denver, nos Estados Unidos;  além de Canberra, capital australiana; Hong Kong; Dublin, na Irlanda; e Ontario e Quebec, no Canadá — sempre mesclando as principais características do festival de Munique com peculiaridades locais.

Cerveja, alemãs, comida de qualidade e clima de confraternização por duas semanas: quer mais? A Oktoberfest é um evento que você deve explorar pelo menos uma vez na vida. Uma festa como essa não passa sem deixar memórias para muito tempo. Seja na Alemanha, no Brasil ou em algum lugar do mundo, vale a pena experimentar.

E aí, curtiu nosso guia sobre a Oktoberfest? Já tá planejando a ida no ano que vem? Compartilhe o post nas redes sociais agora e comece a formar o grupo de amigos para essa aventura!

Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.


Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh