in

Cervejeiros: 10 destinos turísticos para os amantes de cerveja

O universo da cerveja é mesmo fascinante! São milhares de anos de história em busca do aperfeiçoamento através de processos de fabricação curiosos que rendem, até hoje, aromas de todos os tipos, sabores de todos os gostos e fazem valer a pena cada gole, especialmente se for direto da fonte.

Com tantas opções da bebida produzidas ao redor do mundo, encontrar fontes de cervejas perfeitas em destinos turísticos belíssimos não é problema, independente de onde estiver!

Que tal aliar o útil ao agradável e programar sua próxima viagem para destinos turísticos tradicionalmente cervejeiros? Além de ser uma excelente forma de conhecer novos lugares, umatrip assim vai render boas doses – e pints – de histórias.

Próxima parada nos destinos turísticos: Cerveja!

Cervejas

Nomes como Ale, Lager, Porter, Stout e IPA podem até não aparecer no mapa, mas são ótimos pontos de partida para ajudar você a escolher roteiros regados a muita cerveja. A Europa é o continente que reúne a maior variedade de produtores da bebida, mas o mundo todo é adepto de uma cervejinha e a experiência se estende muito além dos limites do Velho Continente.

Nesse post, reunimos 15 lugares imperdíveis para as almas cervejeiras que vão deixar até os pelos das barbas aguçados. Conheça quais são e prepare seu próximo roteiro.

Munique, Alemanha

A terra da Oktoberfest é o verdadeiro paraíso para os apaixonados pela bebida. E não só durante o evento, que acontece todos os anos em outubro e reúne diversos tipos da bebida em sua mais pura forma.

É possível curtir também bares, cervejarias e os famosos biergarten (espaço dedicado à cerveja) que funcionam ao longo de todo o ano e são ideais para beber bem acompanhado das famosas salsichas alemãs.

Praga, República Tcheca

praga republica tcheca

Além de ser o país que mais consome a bebida em todo o mundo, segundo pesquisa do Barth-Haas Group (empresa de produtos e serviços relacionados ao lúpulo), foi na República Tcheca que o tipo Pilsen nasceu.

Só por essa relação já dá para perceber o quanto a cerveja é enraizada na cultura do país, né? Soma-se a isso o fato de Praga, a capital, ter uma das mais agitadas vida noturna de toda Europa. Um verdadeiro copo cheio para os boêmios de plantão que não dispensam experimentar novos tipos.

Dublin, Irlanda

Dublin, Irlanda - Guinness

Bem-vindo à Irlanda. Terra do Leprechaun, de São Patrício e, claro, da cerveja. Prepare-se para entrar no clima dos irlandeses e curtir um dos milhares pubs espalhados por Dublin (e pelo país inteiro) que servem rótulos locais e internacionais.

Faça um tour para conhecer a história da stout mais famosa da Irlanda no Guinness Storehouse, museu dedicado exclusivamente à Guinness. No final do passeio, aproveite para subir até o topo do prédio, no Gravity Bar, e degustar uma pint enquanto aprecia a vista panorâmica da capital.

Bruxelas, Bélgica

cervenja belga belgica

Muito além do chocolate e do personagem Tintin, Bruxelas é mais uma cidade referência na Europa quando o assunto é cerveja. O Brewery Museum é uma boa pedida para conhecer a história da bebida através de exposições permanentes.

Na hora de descontrair, não deixe de ir ao Delirium Café, ponto de encontro agitado propício para degustar vários rótulos locais, inclusive a premiada Delirium.

Um fato interessante sobre o país é que, apesar de pequena, a Bélgica abriga mais de 150 marcas de cerveja – algumas das quais produzidas por monges.

Amsterdã, Holanda

Heineken cerveja holandesa

Um dos destinos turísticos mais badalados do Velho Continente, a liberal Amsterdã também oferece boas opções para os cervejeiros. A Heineken, uma das lagers mais conhecidas em todo o mundo, tem um museu exclusivo que conta toda sua trajetória e oferece um tour 4D para quem quer imergir no processo de fabricação da cerveja. O prédio do local foi construído no século 19 e funcionou como fábrica até meados dos anos 90.

Zalec, Eslovênia

eslovenia beer

A Eslovênia não é destino tão popular para quem vai à Europa, mas deve ser o seu se você gosta de tomar boas cervejas em meio à belas paisagens. A pequena Zalec, na região central conhecida como Vale do Ouro Verde (uma alusão às plantações de lúpulo), pretende, em breve, oferecer aos turistas uma fonte que jorra cerveja.

O prefeito da cidade já deu sinal verde para a construção da fonte e a ideia é que, por 6‎€, cada pessoa ganhe uma caneca comemorativa para servir-se até 3 vezes nesta “mina de ouro”. A má notícia é que a data de inauguração ainda não foi definida.

Johannesburgo, África do Sul

cerveja africa do sul

O continente africano também tem um caso de amor com a cerveja. No tour cenográfico da South African Breweries (SAB), empresa fundada em 1895, é possível mergulhar no universo cervejeiro da África.

Além de contar todo o contexto e trajetória da bebida no continente, o tour reúne parte da história política do África do Sul – inclusive a época do Apartheid quando os shebeen de Soweto (espécie de bar) comercializam, ilegalmente, a bebida para os negros. No final, ainda é possível experimentar dois tipos de rótulos da casa de acordo com sua preferência..

Sapooro, Japão

Sapporo, Japão

 

Não é só de saquê que vivem os japoneses!  O clima de boteco também tem vez na ilha e o melhor lugar para curtir essa experiência com os amigos são os izakayas, gastropubs que servem comida e, claro, cerveja.

A cidade de Sapporo possui diversos desses ambientes para curtir uma rodada com os amigos, mas é no verão – entre julho e agosto – que a bebida reina por ali graças ao Festival da Cerveja. A metrópole também é terra da famosa Sapporo Black Label e possui bar e museu dedicados à ela.

Belo Horizonte, Minas Gerais

cerveja artesanal mineira, minas gerais

“Se não tem mar, vamos para o bar”. Esse lema parece ser levado bem a sério na capital mineira, também conhecida como Capital Nacional dos Bares. Basta dar um rápido passeio pelos principais points da cidade para entender como os botecos fazem parte da identidade cultural do belo-horizontino

E, obviamente, a cerveja também. Não são poucas as opções para curtir a boemia por lá. Há desde bares que servem uma gelada de todos os tipos até cervejarias tradicionais para quem prefere experimentar um “trem” legitimamente mineiro.

Na Grande BH várias pequenas indústrias de cerveja artesanais também vem surgindo nos últimos anos, colocando BH no roteiro obrigatório dos mestres cervejeiros.

Blumenau, Santa Catarina

Blumenau, Santa Catarina

A influência alemã tem papel importante neste canto do sul do país. É em Blumenau onde acontece a segunda maior Oktoberfest do mundo e também onde ficam grandes cervejarias do país: a Bierland, que está entre as mais importantes do país, e a Eisenbahn, uma das primeiras microcervejarias do país ativas até hoje.

Ficou com água na boca? Então prepare sua mala e seu passaporte e viaje para um destes destinos turísticos perfeitos para os amantes de cerveja! Você conhece algum deles? Já colocou outros na sua lista de destinos que pretende visitar? Então faça um comentário de qual será sua próxima parada!

Cervejeiros: 10 destinos turísticos para os amantes de cerveja
4.6 (92.59%) 108 votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Written by Rodrigo

Avatar for Rodrigo

Barbudo com interesses diversos, expert em produtos para barba e cuidados, porem focado em ajudar outros barbudos em como cuidar melhor de suas barbas e ter seu estilo próprio.
Tem alguma dúvida? Pergunte-me e irei lhe ajudar no que for preciso para deixar sua barba top!

5 Maneiras de fazer sua barba crescer mais rápido

10 Personagens Barbudos dos Games de Respeito