in

Guia completo de lâminas e navalhas para barbear!

Seja qual for o seu estilo, fazer a barba com  lâminas é um ritual que faz parte da vida e da rotina masculina desde a adolescência. Hoje em dia, muitos homens modernos estão à procura de informação para incrementar o seu arsenal de produtos e equipamentos para barbear, de forma a conseguir modelar a barba perfeitamente e encontrar meios de tratar os fios e a pele.

Até pouco tempo atrás, as lâminas de barbear reinavam quase que absolutas no mercado. Porém, com a popularização de looks superbarbudos e das barbearias vintage, que tomaram conta do país, o método de barbear com a navalha, à moda antiga, voltou em cena e ganhou adeptos também.

Nesse contexto, diante das opções de diferentes tipos de lâmina, navalha para barbear e produtos, como saber qual é o item mais indicado? Nesse nosso guia completo, te contaremos um pouco sobre a história da lâmina, como escolher entre navalha ou navalhete ou até entre lâmina ou navalha e de quebra ainda falaremos sobre a troca de lâminas e como manter a lâmina por mais tempo. Continue a leitura e domine com perfeição a arte de se barbear!

1. A história da lâmina de barbear

A história da lâmina de barbear

Culturas antigas já apresentavam algum tipo de lâmina de barbear desde os tempos de antes de Cristo. Isso é para você ver que a coisa tem um bom tempo! Ao longo da história, formas, materiais e estilos foram mudando, até que a navalha surgiu na Inglaterra entre os séculos XVIII e XIX.

A navalha se popularizou durante o século XX e continuou firme até meados dos anos 50. Barbeiros eram especialmente treinados para fazer um barbeado perfeito e eficiente utilizando esse instrumento.

Com o tempo, as navalhas perderam sua fama, ainda mais quando enfrentaram sua primeira grande concorrência: a nova invenção do empresário americano King Camp Gillette. Sim, pelo sobrenome você já até adivinhou de quem ele se trata.

A estratégia dele era vender o aparelho de barbear por um preço super em conta — um valor menor que o custo —, porém, ganhar em cima da venda das lâminas. Como elas precisavam ser substituídas de tempos em tempos, o lucro dele seria eterno. Senhor Gillette investiu pesado em campanhas publicitárias e slogans enaltecendo a eficácia e segurança do seu novo produto. O sucesso foi praticamente instantâneo!

As novas lâminas não precisavam de nenhuma habilidade especial para serem usadas. Como se barbear não era mais algo intimidador, os homens começaram a ganhar confiança e jeito para coisa, fazendo esse ritual em casa, o que resultou em uma grande queda na frequência de clientes nos barbeiros e uso da navalha.

Na década de 1960, lá veio a tecnologia trazer mais novidades: lâminas de aço inoxidável se popularizaram. Isso não só impactou a duração das lâminas como barateou o custo final do aparelho. Com o tempo, dezenas de novos modelos apareceram, com mais de uma lâmina, fitas lubrificantes, entre outros avanços.

2. Melhor tipo de lâmina para cada barba

Melhor tipo de lâmina para cada barba

Para uma barba bem-feita, que valoriza seu look, investir na lâmina ideal para cada estilo e tipo de pele é fundamental. Além disso, o apetrecho certo garantirá que o seu rosto fique livre de irritações e com o acabamento desejado. Conheça as opções disponíveis por aí:

Lâminas de fiação média

Quem é fã do visual da barba por fazer deve optar por uma lâmina de fiação média, que apara os fios mais deixa um leve sombreado, resultando em um look mais descontraído. Esta lâmina também é uma ótima escolha para quem tem pele sensível, já que ela confere uma aparência limpa. Por não ser tão precisa, promove um barbeado mais macio, seguro e confortável, deixando a cútis saudável.

Lâmina para desenho

A lâmina para desenho é conhecida por sua alta precisão e firmeza, pensada para aqueles adeptos do cavanhaque e outros modelos de barba desenhada. Modelos modernos garantem um barbear mais duradouro e não agridem tanto a pele. Mesmo assim, como o desenho exige um barbear muito rente, o rosto fica de fato mais predisposto a ferimentos.

Lâminas de alta precisão

Para os barbudos apreciadores de barbas cheias, as lâminas de alta precisão oferecem mais controle e um barbear com exatidão, aparando os fios com rigor e mantendo o corte. Barbas grandes e médias exigem mais cuidado e paciência na hora de barbear, pois qualquer erro pode deixar o visual final estranho. Assim, estas lâminas facilitarão a sua missão.

3. Navalha e navalhete

Guia completo de lâminas e navalhas: Navalhete
Compre este produto clicando aqui!

Se barbear com uma navalha pode ser desafiador e é preciso ter alguma destreza. No entanto, este ritual de masculinidade rústico é uma experiência que vale a pena fazer, pelo menos, uma vez na vida.

A navalha é formada por um cabo, que pode ser de madeira, plástico, metal ou até marfim para modelos mais clássicos e elaborados. Sua lâmina não é descartável e está presa ao cabo. Feita de aço, ela é afiada ao longo do tempo, conforme a necessidade. Uma grande vantagem é que ela pode durar vário anos, se você cuidar bem dela.

Uma navalha de boa qualidade é flexível, confortável e possibilita fazer desenhos, seguindo curvas e contornos do rosto com mais facilidade. O corte dela é poderoso, o que permite um acabamento primoroso, porém, o risco de se cortar com ela é grande.

O navalhete lembra uma navalha, uma vez que eles têm um design parecido, com um cabo em uma extremidade e a lâmina no outro. A diferença é que no navalhete a lâmina é descartável e é encaixada no instrumento à parte.

O lado bom é que você tem um aparelho e pode variar as lâminas, testando modelos com precisões e qualidades diferentes. Além disso, eles costumam ser mais baratos que as navalhas, sendo um excelente investimento inicial para quem quer começar a se barbear usando essa técnica, mas ainda não se sente 100% seguro com a navalha.

A manutenção do navalhete é descomplicada, uma vez que é só substituir a lâmina por outra nova. Porém, se no início ele custa menos, em longo prazo, com tantas trocas de lâmina, a navalha se torna uma opção mais econômica.

Apreciadores costumam afirmar que você troca um navalhete por uma navalha, mas nunca faz o contrário. Então, digamos que quem aprende a usá-la, se acostuma com ela e se apega fácil. Afinal, elas têm uma durabilidade imbatível, podem ser personalizadas e são perfeitas para os amantes do barbeado tradicional.

O navalhete é indicado para iniciantes e usado em barbearias, por motivos de higiene, uma vez que as lâminas são trocadas para cada cliente. Por isso, o ideal é que o uso das navalhas seja exclusivamente pessoal.

4. Usando a navalha para se barbear

Guia completo de lâminas e navalhas: Navalha

Fazer a barba com a navalha exige muito cuidado e habilidade, isso você já sabe. Porém, esse barbeado à moda antiga promete uma experiência única que vale a pena e que no fim não é um bicho de sete cabeças. Tenha toalhas, cremes e uma navalha bem afiada em mãos e confira nosso passo a passo!

1. Prepare o rosto

Antes de iniciar, prepare o rosto com um hidratante para proteger a pele. Uma boa ideia para que a navalha deslize facilmente é usar um óleo para barbear nessa etapa, que turbina a hidratação e cuida da pele. Essa etapa é fundamental, porque a lâmina pode agredir e irritar muito a superfície sensível do rosto.

2. Envolva o rosto com uma toalha quente

Você já deve ter visto esse processo em barbearias. A função da toalha quente é abrir bem os poros e amaciar a pele. Fazer a barba a seco pode irritar muito a sua pele e os riscos de se machucar são ainda maiores. O calor do vapor amolece os fios e você pode deslizar a lâmina com facilidade, sem fazer tanta força.

Para isso, pegue uma toalha úmida e a aqueça no micro-ondas por até 2 minutos. Cubra o rosto com ela, relaxe e espere. Quando ela começar a esfriar, retire-a da face e siga para o próximo passo.

3. Aplique a espuma

Guia completo de lâminas e navalhas: Espuma de barbear

Agora você deve cobrir a barba com o creme ou espuma de barbear. Este produto também deve estar morno, então, vale misturar um pouco de água quente para aquecer. Passe o creme na barba sem excessos e tente criar uma camada uniforme. Quando for escolher o produto, aposte em um item com substâncias com ação anti-inflamatória e regeneradora.

4. Deslize a navalha com cuidado

A navalha deve sempre ser passada no sentido do crescimento dos fios, independentemente do estilo que você quer atingir no final. Tenha cuidado com áreas como a linha do maxilar, para não se machucar.

Ao longo do processo, você precisará exercitar seu lado artístico e fazer muitas caras e bocas. Sim, as caretas facilitarão o barbear perfeito e atingirá áreas complicadas com facilidade. Movimente os lábios, bochecha e demais músculos da face.

5. Repita o processo da toalha quente

Guia completo de lâminas e navalhas: Repita o uso da toalha quente

Depois dessa primeira passada da lâmina, enxágue o rosto e retire o resto de creme e pelos que ficaram no rosto. Um bom óleo para o rosto te ajudará a limpar mais a pele e dará a ela uma hidratação extra.

Esquente novamente a toalha e cubra o rosto, desta vez envolva totalmente a região do pescoço. Aplique também a espuma ou creme quente mais uma vez e recomece. Desta vez, o corte deve ser mais rente, logo, invista no acabamento, finalizando áreas que não foram barbeadas corretamente ou corrigindo falhas.

6. Tenha cuidado com o pescoço

Você já preparou a região do pescoço com a toalha quente e agora está na hora de encarar essa área. A dificuldade de barbear o pescoço é que os pelos crescem em direções diferentes, portanto, é preciso ter muita atenção para não errar e se cortar.

Use o pomo-de-adão como guia. Abaixo dele, os pelos costumam crescer para baixo, em direção ao peito. Acima dele, os fios seguem o sentido contrário, em direção ao rosto. Paciência e muita calma nessa hora!

7. Capriche na finalização

 

Se você chegou até aqui e finalizou seu barbeado sem se machucar, parabéns! Você conseguiu com louvor se barbear com esse método “rústico” e a partir de agora é só finalizar e partir para o abraço.

Lave o rosto e aplique uma loção pós-barba. Ela ajuda a fechar os poros, alivia irritações e previne infecções. Depois disso, mais uma toalha, só que desta vez ela precisa ser fria. Limpe suavemente o rosto com ela e retire todo o excesso de pelos. Se sua pele for sensível, você pode aplicar uma camada de hidratante para finalizar e pronto!

5. Mantendo a lâmina por mais tempo

Guia completo de lâminas e navalhas: Mantendo por mais tempo

 

Cartuchos dos aparelhos de barbear e até as lâminas para colocar no seu navalhete têm lá seu custo. Está certo que especialistas e dermatologistas recomendam que você não negligencie a troca delas. Uma lâmina limpa e em bom estado é essencial para a saúde da pele, além de evitar cortes e infecções mais sérias.

Mesmo se você é barbudo e não faz um barbeado tão rente, uma lâmina gasta não terá a mesma precisão para desenhar os contornos e manter o estilo da sua barba.

Então, o papo é sério e não adianta reclamar: é preciso prestar atenção na qualidade da lâmina e trocá-la sempre que necessário. Para os que se barbeiam com muita frequência, a lâmina pode durar entre duas semanas a um mês.

Porém, existem alguns truques que prometem esticar a vida útil delas e aumentar sua durabilidade sem afetar na qualidade do corte. Quer saber mais? Se liga nas nossas dicas!

1. Faça a limpeza correta

Quando estiver limpando no final ou retirando o excesso de pelos entre cada passada na hora de se barbear, limpe o aparelho com água quente. Nessa temperatura, a água limpa e remove resíduos com mais facilidade e, além disso, o calor fará com que o corte fique mais fácil também.

Sabe aquelas batidinhas que você dá com o aparelho na pia para tirar os pelos que insistem em ficar grudados? Pois é, esses golpes, por mais leves que sejam, desalinham e danificam as lâminas, prejudicando o corte e encurtando a vida útil delas.

Lave apenas e balance um pouco o aparelho — sem bater em lugar nenhum! — para retirar o excesso de água e fios.

2. Use um produto para barbear

Guia completo de lâminas e navalhas: Gel para barbear
Para comprar este produto, clique aqui!

Passar a lâmina na pele seca ou somente úmida pode detonar ela bem mais rápido, além de machucar sua pele. Os produtos de barbear, seja gel, creme ou espuma, servem não apenas para proteger a derme como para fazer com que a lâmina dure mais.

3. Evite a ferrugem

Depois de limpar bem sua lâmina, passe um pouco de álcool nela. Isso elimina a umidade, ajuda a evitar que ela oxide e ganhe ferrugem, além de manter o fio. Outro benefício dessa técnica é que o álcool esteriliza a lâmina, o que não é só muito higiênico, como uma boa opção de eliminar bactérias e outros microrganismos, que podem infeccionar a pele.

4. Não guarde a lâmina no banheiro

Pensamos que dez entre dez caras guardam suas lâminas no banheiro, certo? Provavelmente, você faz o mesmo. A questão é que o banheiro é um local com muita umidade e esta acelera o enferrujamento, que condena a lâmina. O melhor mesmo é guardar sua lâmina limpa em um lugar protegido do vapor do banheiro, para que assim ela dure mais.

5. Use o truque do jeans

Guia completo de lâminas e navalhas: Truques

Use seu jeans para deixar sua lâmina mais afiada e ainda esticar a duração dela. Funciona assim: pegue uma calça com um tecido bem grosso e coloque-a em uma superfície plana e firme.

Deslize seu barbeador ao longo do comprimento da calça, mas atenção: não é para rasgar ou “barbear” seu jeans! O movimento certo é no sentido contrário da trama do tecido. Repita umas 20 vezes e, em seguida, mude o barbeador de lado e faça o mesmo movimento mais 20 vezes.

6. Invista no secador

As lâminas precisam ser guardadas longe da umidade e estarem bem secas, como já vimos antes. Para garantir que elas fiquem secas de verdade, muitos apelam para o secador de cabelos para secá-las completamente antes de guardar e eliminar qualquer possibilidade de elas oxidarem. É um truque tão fácil que não custa tentar, não é mesmo?

6. Troca de lâminas

Guia completo de lâminas e navalhas: Troca de lâmina
Para comprar este produto, clique aqui!

Você já entendeu que trocar as lâminas é fundamental para manter o corte eficaz e ter mais segurança na hora de se barbear, mas como saber quando é necessário substituir a velha por uma nova?

Se você usa lâminas removíveis em navalhetes, por exemplo, sinais claros como pontos de ferrugem e a perda do fio indicam que chegou a hora de fazer a troca. Caso você perceba que precisa fazer mais passadas do que antes para finalizar o barbeado e aplica muita força para conseguir realizar um corte, nem insista. Substitua logo a lâmina e evite se machucar e agredir sua pele à toa.

No caso dos barbeadores descartáveis, um indicador é a fitinha lubrificante que fica na cabeça do aparelho. Quando ela começa a perder a cor e ficar esbranquiçada, é sinal de que a lâmina também deve estar bem gasta e você precisa colocar um novo cartucho.

7. Lâmina ou Navalha: o melhor para fazer a barba

Guia completo de lâminas e navalhas: Qual escolher?

Ao longo desse post, te contamos muito sobre lâminas, barbeadores, navalha, entre outros instrumentos essenciais para o barbear perfeito. Com tanta informação, você pode estar na dúvida sobre o que escolher.

Nada contra você experimentar todos os métodos disponíveis até encontrar um que se adapte a seu visual barbudo e seu estilo de vida. Porém, para não ficar na incerteza, entenda quais são as vantagens e desvantagens da lâmina e da navalha e saiba qual é a melhor para a sua barba.

Lâmina descartável

Usar lâminas descartáveis é provavelmente o método mais popular e acessível nos dias de hoje. Elas são fáceis de encontrar, oferecem mais segurança na hora do corte, o que reduz muito os riscos de se machucar. Para quem gosta do visual lisinho e sem barba, a lâmina possibilita um corte mais rente.

Entretanto, o uso frequente dela irrita muito a pele e pelos encravados se tornam um problema recorrente. É preciso redobrar o cuidado com a pele para não ficar com o rosto cheio de placas vermelhas e marcas.

Navalha

A tradicional navalha é um item clássico que está voltando a moda e se tornando mais acessível para quem quer testar novas formas de se barbear. Ela não é lá muito fácil de usar para quem não tem experiência e um deslize pode resultar em um corte feio. Portanto, para aderir à tendência é preciso paciência e prática.

Porém, quando você finalmente dominar a arte da navalha, dificilmente vai querer voltar para o barbeador, uma vez que seu corte é incomparável. Quando bem controlada, você consegue cortar o fio pela raiz e o corte rente dura muito mais. Além disso, com poucas passadas você consegue atingir um desenho na barba com um resultado perfeito e minucioso, sem falhas e com aparência muito mais elegante e bem-feita.

Cuidados importantes

Guia completo de lâminas e navalhas: Cuidados importantes

Seja qual for sua escolha, cuidados com a pele na hora de se barbear são fundamentais. Além de usar os produtos para barbear, manter a pele hidratada e bem cuidada fará toda a diferença no visual, bem como valorizará o seu barbeado.

Outro ponto importante: o pós-barba não é frescura, mas um item crucial para ajudar a cicatrizar, limpar a pele e fechar os poros. O cheio agradável que ele deixa também é bem-vindo! Os barbudos também podem usar um balm para barbas nessa etapa de finalização para deixar os fios em ordem, nutrir, hidratar e aliviar o desconforto e coceira.

Se você tem barba, cuidar dos fios também facilitará sua vida na hora de se barbear. Pelos hidratados são aparados com mais facilidade, pois têm uma textura mais maleável. Use óleos para a barba que ainda deixarão os fios com aparência brilhante e irresistível!

Todo gentleman moderno precisa investir em um bom kit de barbear com os melhores utensílios. Esse ritual que nos acompanha desde sempre não precisa ser feito de qualquer jeito e pode receber um upgrade, que fará toda diferença na aparência e também no seu bem-estar.

A tarefa que antes era banal e cotidiana e, para alguns, até sofrida, ganha um novo status e fica digna de tratamento de SPA! Portanto, prepare seu arsenal, afie sua navalha — ou lâmina! — e desfrute desse momento!

Agora que você já sabe a história da lâmina, os tipos de lâmina existentes, como escolher entre a navalha ou navalhete e entre a lâmina ou navalha, qual a melhor navalha para barbear, como fazer a troca de lâminas e manter lâmina por mais tempo, não se esqueça de assinar nossa newsletter e receber sempre nossas novidades especiais para os barbudos de respeito!

Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.

Guia completo de lâminas e navalhas para barbear!
4.5 (90.91%) 22 votos

Deixe sua pergunta ou opinião

Written by Rodrigo

Avatar for Rodrigo

Barbudo com interesses diversos, expert em produtos para barba e cuidados, porem focado em ajudar outros barbudos em como cuidar melhor de suas barbas e ter seu estilo próprio.
Tem alguma dúvida? Pergunte-me e irei lhe ajudar no que for preciso para deixar sua barba top!

Pet barbudo: 9 raças de cachorros com barba e como cuidar

8 Situações para aproveitar uma barba charmosa!