Uma das coisas que, por vezes, passa despercebido em alguns salões e barbearias são as questões envolvendo a vigilância sanitária. Não que os barbeiros não estejam em dia com a higiene, mas as normas de segurança estabelecidas pela Anvisa, o órgão que regula as atividades da vigilância, devem ser seguidas a risca. E uma delas envolve a máscara higiênica.

Em janeiro de 2012, a lei nacional 12.592/12 passou a reconhecer os profissionais de beleza e torna obrigatório o seguimento das normas da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Essa medida abrirá caminhos para novas ações da ANVISA na proteção de barbeiros, cabeleireiros, manicures, esteticistas e seus clientes.

Ficou confuso? Isso porque, talvez, você não as utilize nas barbearias. Entretanto, elas são tão necessárias quanto obrigatórias, visto as mudanças que a própria Anvisa determinou. Mas vamos ver em maiores detalhes o que isso significa. E primeiro…

O que é a máscara higiênica?06

Saiba o que é a Máscara Higiênica

As máscaras higiênicas são um pouco parecidas com aquelas utilizadas em hospitais: cobrindo o rosto até a altura do nariz, elas impedem tanto a infecção do próprio profissional, como oferece mais segurança aos clientes. Enquanto as de uso hospitalar e culinário são descartáveis, os modelos utilizados tanto principalmente nos salões tem outras particularidades.

Nos salões de beleza, elas possuem algumas variações não-descartáveis, que devem ser lavadas e esterilizadas para novas utilizações. O tempo de uso costuma em até 3 meses, com pequenas variações.

Por ser um item obrigatório (falaremos disso mais adiante), vejamos alguns dos modelos de máscaras disponíveis atualmente, para uma melhor adaptação para sua barbearia.

Tipos de Máscaras

Existem vários tipos de Máscara Higiênica

Protetor Salivar – Possuem uma película bactericida, que protege tanto o nariz como a boca de microrganismos. Ela não fica muito longe do rosto, e como é transparente, não atrapalha a apresentação do profissional. Não são descartáveis, porém precisam ser esterilizadas antes de cada uso.

Máscaras descartáveis – São as utilizadas em ambientes hospitalares, cozinhas, e outros que necessitam de uma proteção mais efetiva. Elas devem ser utilizadas apenas uma única vez, e mesmo assim por apenas 1 hora.

Máscara de Proteção – É um pouco mais eficiente que a de proteção salivar. Dura mais tempo, possui aberturas que não interferem na respiração, e a haste é resistente o bastante para trocar o filme que impermeabiliza a máscara. Também costuma durar entre 3 e 4 meses.

As Normas da Anvisa para Máscaras Higiênicas

Veja as normas da Anvisa para ver como usar a Máscara Higiênica

A Anvisa determinou, há pouco pouco, que tanto os salões de beleza como barbearias, devem estar em dia com as normas de higiene. Parece banal tocar nesse ponto, mas é realmente importante se atentar a esses aspectos. Falaremos mais adiante a respeito.

Um dos cuidados que diz mais respeito aos barbeiros, naturalmente é com o uso da máscara higiênica. Apesar da maior parte dos barbeiros não utilizá-las, sendo a causa mais comum de não mexerem com materiais considerados mais perigosos como nos salões de beleza, seu uso é igualmente necessário.

Segundo o Portal da Anvisa, o uso de máscaras higiênicas deve ser da seguinte forma:

  • Todos os profissionais dos setores de barbearia, salões de beleza, estética, depilador, maquiador, são reconhecidos por lei em todo território nacional.
  • Estes profissionais devem seguir, irrestritamente, as normas sanitárias quanto ao uniforme, e esterilização dos materiais de uso.
  • Outras regras sanitárias podem variar de acordo com a cidade e o estado.

Em um primeiro momento, esse pequeno resumo da lei nº 12.592 parece não incluir as máscaras higiênicas. Mas quando se analisa a fundo o artigo, que você pode conferir aqui, na verdade ele diz respeito a todos os utensílios.

As adequações se tornam ainda mais específicas e diretas quando observamos as leis estaduais e municipais a respeito da higiene nas barbearias e de estabelecimentos de beleza em geral. Vejamos esse exemplo, da regulamentação de salões em Minas Gerais.

  • Utilizar lâminas descartáveis ou não nas atividades de barbeiro;
  • Como as toalhas e aparelhos não-descartáveis são esterilizados? É preciso dedicar um local específico para esse processo, igualmente limpo e organizado. Cabe ressaltar que as toalhas precisam de um cuidado à parte em relação aos outros equipamentos.
  • A cadeira de barbeiro é devidamente protegida com papel ou pano? E as gola e capas, são individual?
  • Os funcionários devem utilizar EPIs (equipamentos de proteção pessoal), utilizar produtos (tanto para limpeza como para cuidados com os clientes) com registro na Anvisa, e se possui protocolos bem definidos de limpeza.

De forma bem resumida, todos as barbearias e salões de beleza devem ter os cuidados que especificamos acima, o que inclui as máscaras higiênicas no processo. E é aqui que todos os barbeiros devem ficar atentos.

Os cuidados da barbearia com as normas de higiene

As barbearias podem tirar muitas vantagens da Máscara Higiênica

Um bom barbeiro está sempre de olho nas normas de higiene em seu estabelecimento, e mais importante do que isso, eles oferecem todos os detalhes para garantir que estes cuidados sejam seguidos por todos os funcionários. Para tanto, é bom se atentar aos seguintes pontos:

  • Tenha uma área própria para a limpeza dos materiais. Além de estar em dia com a Anvisa, você também evita uma má apresentação na barbearia;
  • Para barbearias pequenas e caseiras, elas devem ser montadas em um espaço a parte da residência. Sob hipótese alguma isso deve ser contestado;
  • Manter as cadeiras de barbeiro sempre limpas e com materiais impermeáveis, para garantir a limpeza e a integridade dos materiais;
  • Limpar e trocar os materiais a cada cliente.

Esses, e outros cuidados determinados por lei, devem ser parte da rotina de qualquer barbearia, para garantir o sucesso da mesma. Boa parte de sua popularidade também se deve a uma boa apresentação higiênica.

As vantagens da máscara higiênica

Vantagens da Máscara Higiênica para apreciar
Compre sua máscara aqui!

Uma vez que esses cuidados diários ficam estabelecidos, o uso das máscaras higiênicas se tornam tão naturais quanto os demais aspectos higiênicos da barbearia. E não pense que o uso delas vai atrapalhar os serviços dos profissionais, ou mesmo afetar seu visual.

Vejamos os benefícios de adicionar a máscara higiênica nos trabalhos de barbeiro.

  • Mais segurança para os barbeiros e para os clientes, evitando a transmissão de doenças e infecções;
  • Pode adicionar um pouco de estilo aos profissionais. Por que não? Um dos diferenciais das barbearias é justamente o visual dos barbeiros;
  • As melhores opções de máscaras higiênicas duram de três a quatro meses, e com a devida esterilização, se tornam mais econômicas do que as máscaras descartáveis;
  • Garantem segurança para os clientes, e se torna um referencial para a barbearia.

Investir em um bom modelo de máscara higiênica não só vai garantir a qualidade dos barbeiros, como ajuda a deixar sua barbearia em dia com o órgão de saúde.

Confira algumas das instruções da ANVISA que devem ser seguidas:

  • Toalhas e lençóis devem ser devidamente lavados e trocados a cada cliente;
  • Lixas para unhas e pés, espátulas de madeira e lâminas não podem ser reutilizadas nem reprocessadas;
  • Alicates, pinças, afastadores e tesouras devem ser esterilizados após o uso;
  • Ceras para depilação devem ser fracionadas em porções suficientes para cada cliente;
  • Escovas e pentes devem ser limpos após o atendimento a cada cliente;
  • Cadeiras, armários, macas, colchões, travesseiros e almofadas devem ser revestidos de material impermeável, resistente, de fácil limpeza e desinfecção, mantidos em bom estado de conservação e higiene;
  • Trabalhadores de salões de beleza devem receber equipamentos de proteção (óculos, máscaras, luvas e jalecos) de acordo com as funções exercidas;
  • Profissionais que realizam procedimentos com materiais perfurocortantes devem ser vacinados contra Hepatite B e tétano;
  • Materiais perfurocortantes devem ser descartados após o uso;
  • Todos os produtos devem estar dentro do prazo de validade;
  • Produtos químicos que forem submetidos a fracionamento e diluição devem ser acondicionados em recipientes devidamente identificados com etiqueta legível, que informe o nome do produto, a composição química, concentração, data de envase e validade e o nome do responsável pela manipulação e pelo fracionamento. O fracionamento deve seguir as normas do fabricante;
  • É vetada a reutilização de embalagens de produtos químicos;
  • Equipamentos e instrumentos devem ser disponibilizados em quantidade suficiente para atender a demanda do estabelecimento, respeitando os prazos de limpeza, desinfecção e esterilização.
  • Produtos que devem ser mantidos sob refrigeração devem ser guardados em refrigeradores específicos, com termômetro e registro diário de temperatura, não podendo dividir espaço com alimentos.

A Anvisa valoriza um cuidado, limpeza e organização dos seus aparatos. Na www.ParaBarbearia.com.br, você encontra opções bem variadas de produtos e artigos para sua barbearia. Você pode tornar seu negócio ainda mais promissor e em equilíbrio com as normas de saúde apenas com uma boa escolha e conservação deles. Até a próxima!

Para mais informações
Anvisa – www.anvisa.gov.br

Fonte: SEBRAE

Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.

Comments (2)

  1. Avatar for Rodrigo DEIDSON
    Posted on 21/09/2018
    • Avatar for Rodrigo Rodrigo
      Posted on 24/09/2018

Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh