em

Óleo Mineral Para Barba: as vantagens e desvantagens do uso

Saiba tudo o que precisa para utilizar seus produtos para barba e cabelo de forma consciente!

Um dos itens mais importantes, e até básicos para qualquer barbudo, são os óleos para barba. Eles salvam o dia quando é preciso fazer ajustes no visual, ou cuidar dele nos momentos mais importantes. Mas e o óleo mineral para barba? Certamente ele é uma opção muito presente nos óleos para barba, porém cheia de minúcias.

Assim como quase qualquer produto direcionado a área estética, existem diversas polêmicas, fatos e mitos sobre o óleo mineral. Se ele é válido? É o que nós vamos descobrir. Mais do que falar bem ou mal, o importante é que você fique ciente do que está usando.

Vamos não só esclarecer os detalhes a respeito do óleo mineral, como apresentar boas opções de outra vertente tão interessante quanto. Vai vendo, jovem, vai vendo…

O que é o Óleo Mineral?

O Óleo Mineral para Barba é uma solução simples e rápida

O óleo mineral é um dos vários derivados do petróleo. Também conhecida como parafina líquida, vaselina líquida, ou ainda óleo base, ele é feito a partir da destilação do petróleo bruto, misturado a outros componentes, principalmente hidrocarbonetos.

O óleo mineral serve como base para a produção de diversos outros produtos, o que inclui algumas vertentes cosméticas. Ele é dividido em dois grandes grupos: lubrificantes e não-lubrificantes.

No caso dos produtos não apenas para a barba, mas para o cabelo e para a pele, estamos na categoria dos lubrificantes, em que o óleo forma uma espécie de película protetora na superfície em que é aplicada.

Além dos cosméticos, outros produtos feitos com o óleo mineral dentro dessa categoria são óleos de motores, de engrenagens, e fluídos hidráulicos.

Como ele funciona na barba e nos cabelos?

O Óleo Mineral para Barba precisa ser usado com cautela para evitar seus malefícios

A aplicação do óleo mineral para barba e no couro cabeludo tem os mesmos efeitos que na pele. Com seus efeitos lubrificantes, ele ajuda no tratamento de caspas e ressecamento de pele, já que ele cria a mesma camada de proteção do que outros produtos lubrificantes.

Jovem, vê se não fica assustado com isso, beleza? Independente de sua origem, o óleo mineral é bom para o tratamento de peles seca e caspas, devido a camada que ela oferece. E ele é útil não apenas como cremes e pomadas, como em alguns medicamentos também.

Contudo, devido aos riscos que ele igualmente proporciona, é bom avaliar se vale mesmo a pena investir em produtos para barba que tenham óleo mineral. Vejamos suas vantagens e desvantagens para que tenha maior clareza nesse sentido.

As Vantagens, Desvantagens e Riscos do Óleo Mineral para barba

Analise bem na hora de Óleo Mineral para Barba

Como qualquer produto direcionado a saúde que não tem origem na natureza, o óleo mineral para barba possui características tanto positivas como negativas ao organismo. E no caso do óleo mineral, é ainda mais importante e necessário que você se informe, para não correr riscos por aí.

Vejamos não apenas as vantagens e desvantagens, como também os riscos de utilizar o óleos minerais.

Vantagens

  • Possuem um custo mais baixo na produção de produtos para barba e cabelo
  • Os preços são mais acessíveis.;
  • Funcionam bem para o tratamento de queimaduras e descamação da pele
  • Também são usados como um paliativo em casos de peles secas;

Desvantagens

  • Não são biodegradáveis. Quando jogados na natureza, podem poluir a água e o solo;
  • Quando utilizados sem cuidado, podem causar a obstrução dos poros da pele, aumentando a possibilidade de cravos e espinhas.

Riscos e Malefícios

O Óleo Mineral para Barba tem riscos muito grande

O óleo mineral pode causar problemas graves quando utilizado em excesso. Isso vale tanto para o uso direcionado que damos aqui, na barba e no cabelo, como em outras aplicações. Vejamos um breve resumo delas.

  • A ingestão indevida do óleo causa dificuldades na absorção de vitaminas K, A e D. o que gera doenças derivadas de tais deficiências;
  • Aumenta os riscos de câncer, devido a presença dos hidrocarbonetos utilizados na destilação do óleo mineral;

Um outro caso, que não tem a ver com a barba, são os de abscessos, que são acúmulos de pus em regiões musculares. Isso acontece quando uma pessoa injeta óleo mineral diretamente no músculo, em sua ânsia por ter um corpo bem definido o mais rápido possível.

Quando o óleo mineral é utilizado dessa forma, as chances dele gerar uma infecção mais grave, e por consequência uma necrose, são graves o bastante para ser necessária uma amputação… E no pior dos casos, pode levar a morte do usuário. Então já entendeu, certo?

Outros Fatos Curiosos sobre o Óleo Mineral para barba

O óleo mineral ainda possui outras tantas curiosidades, fatos e mitos a seu respeito. Pelos pontos que colocamos acima, já dá para ter uma noção que não é uso 100% seguro e livre de quaisquer malefícios.

Ainda assim, é importante que certos fatos e algumas confusões sejam esclarecidas.  Então vamos logo a elas, para que fique esperto no assunto.

Óleos minerais são uma boa “solução de urgência”

O Óleo Mineral para Barba é uma boa solução de urgência

O óleo mineral está em larga escala na indústria cosmética, mais até do que seu uso na indústria mecânica, como citamos antes. Isso justifica o baixo custo de pomadas, cremes e hidratantes. E mesmo com as desvantagens que citamos antes, existe uma saída bem interessante para eles.

Para alguns casos de irritações na pele, coceiras e pruridas, principalmente causadas pelo sol, produtos a base de óleo mineral podem ser bem efetivos, amenizando o problema. Além dos baixos custos, sua ação lubrificante e emolientes, isto é, deixam sua superfície mais mole, é importante para peles e barbas mais duras.

Contudo, como mostramos antes, é mais recomendado ainda que eles não sejam usados com frequência.Para quem precisa de algo rápido e bem barato, elas são uma opção interessante.

Óleos minerais não funcionam como hidratantes

O Óleo Mineral para Barba não funciona bem como hidratante

Não se engane, jovem: por mais que possam deixar sua barba e cabelo chamativos, os óleos minerais não tem propriedades hidratantes. E a razão é bem simples: com uma alta quantidade de gordura, o couro cabeludo e os folículos capilares do rosto não conseguem absorver seus nutrientes.

E como estes óleos minerais não possuem muitos nutrientes, eles acabam por entupir os poros, como falamos antes. À longo prazo, isso gera problemas como caspas tanto na barba como nos cabelos, e em casos extremos pode levar a Alopecia. Isso mesmo, o mesmo remédio que cura pode causar problemas.

Além de terem os mesmos efeitos de suas variantes com óleos minerais, os produtos naturais garantem mais qualidade aos pelos faciais ao longo do tempo.. O óleo Black Mint, da Beard Brotherhood, é um bom exemplo, mas logo logo já falamos dele.

Óleos Minerais para barba NÃO ajudam a barba a crescer

O Óleo Mineral para Barba não a ajuda a crescer

Os óleos minerais têm uma função muito clara: deixar o cabelo e barba bonitos. Mas não vão além disso. O que chama atenção para nós barbudos é o fato que, mais do que aparência, precisamos de produtos que estimulem os pelos faciais naturalmente.

Isso se deve, em parte, à cultura que foi criada em torno desses óleos. Antes das barbas voltarem a ter relevância, realmente se acreditava que os óleos minerais ajudavam os pelos faciais a crescer. Na verdade, nem mesmo os óleos vegetais tem esse objetivo.

Para os barbudos que procuram meios mais saudáveis de fazer os pelos faciais crescerem, o melhor produto são os balms. Suas fórmulas são pensadas para serem absorvidas pelos folículos capilares com mais facilidade. E como eles levam uma combinação de óleos essenciais, fica mais fácil do corpo recebê-los.

Como funcionam os óleos vegetais?

Além do Óleo Mineral para Barba, também existem os óleos vegetais

Os óleos vegetais são vertentes naturais dos óleos vegetais. Seu processo de produção é até bem parecido com os óleos minerais, porém a extração do óleo vem das sementes de plantas. Por esse motivo, existe uma variedade incrível desses óleos, atendendo a necessidades diferentes.

Os óleos vegetais são utilizados com muita frequência na indústria cosmética. Aqui, eles também são chamados de Óleos Carreadores, pois eles são usados como base para a inclusão de óleos essenciais, tão importantes quanto na produção de artigos para a pele, rosto, cabelo, e no nosso caso, barba.

É bom ressaltar um ponto, jovem. Apesar de mais naturais e mais seguros do que os óleos minerais, como veremos em seus benefícios a seguir, os óleos vegetais também são… Óleos.

Isso significa que eles também possuem gordura, o que para algumas pessoas, pode ser igualmente arriscado quanto a alergias e problemas no couro cabeludo. Mas pode ficar tranquilo que os riscos são menos perigosos que os mencionados no óleo mineral para barba.

Os Benefícios dos Óleos Vegetais

Existem mais benefícios no óleo vegetal do que no Óleo Mineral para Barba

Com uma variedade enorme de origens, os óleos vegetais oferecem vantagens muito particulares para cada tipo existente. Para ilustrar os efeitos gerais, vejamos o que todo óleo vegetal pode oferecer aos barbudos.

  • O impacto ambiental é menor. Isso porque os óleos vegetais são biodegradáveis, o que permite o uso em outros segmentos de importância;
  • Quando utilizados na pele, eles não obstruem os poros. Pelo contrário, eles podem nutri-los com vitaminas e antioxidantes importantes para a pele.
  • Pode ser combinado a outros óleos vegetais e óleos essenciais para maximizar alguns efeitos.

Entre alguns dos melhores óleos vegetais para os barbudos, podemos listar os seguintes. E não por acaso, você vai encontrar alguns deles nos produtos que vamos recomendar a seguir.

  • Óleo de semente de uva – Aumenta a elasticidade da pele, além de oferecer propriedades hidratantes e antioxidantes.
  • Óleo de Melaleuca – Seus efeitos calmantes e ao mesmo tempo estimulantes ajudam no crescimento de pelos faciais e na renovação da pele.
  • Óleo de Lavanda – Ajuda na prevenção na queda de fios, tanto capilares como na barba.Também possui propriedades relaxantes, para aqueles casos de coceiras e pruridas.
  • Óleo de Rícino – Possui alta quantidade de Ômega-6, o que estimula o crescimento e rejuvenescimento dos bulbos capilares, tanto para os cabelos como para a barba.

Sugestões excelentes de óleos vegetais para barba: conheça a Beard Brotherhood!

A Beard Brotherhood não trabalha com Óleo Mineral para Barba

Tratar a barba com o óleo vegetal tem benefícios maiores do que o óleo mineral pelo simples fato dos barbudos se preocuparem com seus pelos faciais a médio e longo prazo. Além disso, a combinação de óleos vegetais, de forma consciente e criativa, só tem a oferecer benefícios para seus usuários.

A Beard Brotherhood sabe tão bem disso, que seus produtos são todos feitos com óleos vegetais, como você já deve ter visto em nossa loja. Os produtos das linhas Black Mint e BBINC possuem tamanhos diferenciados, mas que não deixam de lado aquilo que os fazem tão diferentes no mercado.

Seus produtos são feitos inteiramente com produtos naturais, o que inclui os óleos vegetais que mencionamos acima. Só nisso já te dá uma boa confiança, certo? E o melhor de tudo é que você pode escolher na quantidade que achar adequada.

Os frascos de 10 ml são ótimos para situações em que é preciso discrição no uso dos recursos. Eles podem ser guardados no bolso do seu casaco ou calão, e serem usados em momentos de necessidade do barbudo. E claro, com preços bem bons.

A Linha BBINC está longe de ter Óleo Mineral para Barba, felizmente

Os modelos de 30 ml são excelentes para aquele trato diário em casa. Também podem ser combinados a outros produtos para a barba, fazendo o trato completo em qualquer situação. Mas os os bons cuidados não param por aí.

A linha Black Mint traz ainda mais recursos interessantes para o rosto e para os pelos faciais. Com suas propriedades refrescantes, ela é perfeita para aquele período intenso do calor. Já a BBINC, a linha original da Beard Brotherhood, se preocupa em trazer o essencial para todo barbudo cuidadoso.

Óleo Mineral ou Óleo Vegetal? Qual o melhor?

Essa é uma questão controversa, por incrível que pareça. Apesar dos óleos minerais terem essa dose negativa, os óleos minerais também possuem suas particularidades que podem ser levadas em conta num momento de decisão dos barbudos.

O óleo mineral para barba oferece uma saída prática quando não houver opções de produtos. São fáceis de achar na maior parte dos estabelecimentos cosméticos, e garantem um up no visual naquele momento crucial.

Porém, apesar de ambas as categorias possuírem seus benefícios, os óleos vegetais saem na frente no que diz respeito a qualidade de vida como um todo.

Enquanto os minerais concentram uma grande quantidade de gordura, as versões vegetais variam em seus nutrientes, permitindo mais personalidade e segurança para os barbudos.

Como é possível reparar, o óleo mineral para barba tem uma função mais cosmética e menos saudável do que os óleos vegetais. Ao equilibrar ambos os pontos, você acaba por ganhar muito mais no visual e na qualidade de vida. Por isso, não procure por saídas fáceis, jovem, e deixe seu visual no jeito. Até a próxima!

Óleo Mineral Para Barba: as vantagens e desvantagens do uso
5 (100%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Avatar for Rodrigo

Escrito por Rodrigo

Barbudo com interesses diversos, expert em produtos para barba e cuidados, porem focado em ajudar outros barbudos em como cuidar melhor de suas barbas e ter seu estilo próprio.
Tem alguma dúvida? Pergunte-me e irei lhe ajudar no que for preciso para deixar sua barba top!

4 lugares especiais para levar a Crush no primeiro encontro

Viajar para se encontrar: 6 destinos para se isolar do mundo