4.7/5 - (3678 votes)

Antes, quando você pensava em séries da netflix, logo vinham exemplos como Narcos, House of Cards, e mais alguns outros. Mas a coisa cresceu de um jeito que mais e mais produtos de qualidade, nos mais variados gêneros, estão tomando forma, e uma delas é La Casa del Papel.

A produção espanhola dentro do serviço de streaming pegou o público desprevenido, e todo mundo gostou bastante disso. E o melhor de tudo, é se destacarem em um gênero cada vez mais saturado e aos poucos esquecido… E claro, terem uma série de barbudos entre suas figuras de destaque.

Vamos ver qual é dessa série, caso ainda não tenha assistido, e alguns bons motivos para investir seu tempo na primeira temporada… Pois a princípio, a segunda já está confirmada.

Hora de conhecer sobre esse assalto a banco badalado na Netflix?

Do que se trata La Casa del Papel?

A La Casa del Papel é uma série intensa

A série originalmente foi feita pela Antena 3, um canal conhecido na Espanha, e adicionada ao catálogo da Netflix no dia 25 de Dezembro. Sim, foi um presentão de natal para muita gente por aí. Mas qual é dessa série que está dando tanto o que falar?

A ideia da série é bem simples. Uma figura misteriosa, conhecida como “El Professor”, recruta uma série de especialistas, desajustados e sem nada a perder, a roubar nada menos do que a Casa da Moeda da Espanha, com seus 2,4 bilhões de euros guardados.

Não vou fazer a conversão para reais, não… Deixo que você descubra, para ter uma ideia do tamanho da grana que eles desejam pegar. O plano, quase suicida, envolve fazer todos os funcionários e presentes no local reféns, enquanto eles imprimem todo o dinheiro.

Do outro lado, está a Força de Elite da polícia espanhola, em uma negociação tensa com os criminosos enquanto buscam um meio de entrar na Casa da Moeda, e acabar com os ladrões sem perder os reféns.

Todo o plano do El Professor é intricado até para os membros da gangue, e até o último momento, fica difícil saber qual é a intenção dele. E é aqui que está a genialidade da série, mas já já falamos dela, e por um motivo bem simples: o que não falta são barbudos de peso na série.

Os barbudos icônicos

Estes são alguns bons exemplos dos caras que fazem de La Casa del Papel uma série tão cativante. São homens que fazem das suas barbas algo lendário, principalmente para o momento em que se encontram na série. E só para constar: um cara que usa a máscara de Salvador Dali  como meio de assaltar um banco dá o nosso respeito. Vejamos alguns bons exemplos.

El Professor

El professor é o cabeça por trás do plano de La Casa del Papel

É o cabeça por trás do assalto. Meticuloso, e com uma inteligência acima do normal, o cara planejou o golpe por anos, em todos os seus detalhes. A frieza dele consegue preocupar até os colegas de quadrilha. E a barba bem feita de psicopata ajuda muito nessas horas.

Móscu

Moscú é o especialista em cadeados em La Casa del Papel

Cada um dos membros da gangue possui codinome relacionado a uma cidade famosa. Móscu, ou Moscou, é o especialista em metais da quadrilha. Já passou pela cadeia pelos roubos em joalherias, e seu conhecimento caiu perfeitamente para o arrombamento de cofres e cadeados. A barba cheia e grisalha é prova de seus anos de experiência.

Helsinki

Helsinki é o brutamontes na La Casa del Papel

Junto a Oslo, Helsinki é o músculo e a força bruta nas operações do Professor. É um sérvio gigantesco, com uma barba cheia e cara de poucos amigos. Também não é muito afoito a diálogos, e demonstra uma impaciência comum a caras acostumados a bater mais do que falar para resolver os problemas.

Ángel

A La Casa del Papel tem o seu inspetor esperto como Ángel

É o inspetor responsável por tentar pegar a quadrilha do Professor. Tem 30 anos de experiência, expressados pela barba corporativa bem aparada, e está nos limites de sua profissão ao lidar tanto com o caso, como com a jovem Raquel, que tem a genialidade e a impulsividade típicas de um jovem profissional.

Uma lição sobre a sociedade como um todo

A La Casa del Papel é uma sperie atual em diversos sentidos

La Casa del Papel tem gerado todo esse buzz não apenas pelo carisma dos personagens ou pela história tensa e ousada. Em meio às questões dos assaltantes, e do esquadrão policial que tem seu papel de importância – mais do que apenas “os tiras” – a série é muito pertinente nas questões que envolvem a sociedade hoje em dia.


Do círculo midiático em torno de tragédias, a própria questão extrema que faz um cara como o El Professor agir da forma forma que age, a série também trata do que você faz quando está no limite do que pode suportar.

O que você faria quando está quebrado? Quando tudo o que precisa para ficar maluco de vez é um dia ruim? E sim, a premissa da Piada Mortal do Alan Moore é bem pertinente aqui. Ao se colocar na pele dos assaltantes, ou dos policiais, essas questões se tornam ainda mais claras.

Aproveita agora enquanto a segunda temporada não vem!

O que esperar da La Casa del Papel em seu desfecho?

Quer dizer, não chega a ser uma segunda temporada, mas sim o restante a primeira temporada. Seguindo a trend do momento de liberar parte da temporada enquanto produz o restante, La Casa del Papel deve voltar semanalmente na Netflix em 6 de Abril. Então dá tempo de você aproveitar sossegado.

Além disso, a versão do serviço de streaming é um pouco menor em duração comparado a versão original da Antena 3, com episódios de 40 a 50 minutos comparados aos 70 da original.

Apesar de alguns fãs ficaram revoltados com a ideia, isso não tirou em nada a qualidade da série. Pelo contrário, gerou mais episódios, e o nó na garganta que certamente vai te prender de novo quando ela voltar.

E aí, gostou da série? O que espera para La Casa del Papel? E qual barbudo você vai se inspirar? Deixe nos comentários,e vamos trocando ideias até a série voltar. Ela tá longe um pouco, então podemos especular à vontade. Até a próxima!


Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh