Quem não gosta dos Beatles? Mesmo que você não seja um fã de carteirinha da banda, tem pelo menos uma ou duas músicas que você conhece e curte um pouco. O que mostra como os Garotos de Liverpool são influentes até hoje, mesmo com o estado atual do rock que você já tem uma noção de como está hoje em dia. Enfim, o que importa aqui na Beard são barbas, e mesmo eles já tiveram estilos bem extravagantes.

Chega a ser um fato curioso essa história das barbas dos beatles. Inicialmente, a banda surgiu como um bando de rebeldes, tal como diversas outras bandas da Inglaterra. Com o direcionamento de seus empresários, logo eles se tornaram figuras mais carismáticas, até lentamente se tornarem mais rebeldes novamente. São sobre essas histórias que vamos contar aqui.

Os Beatles e suas caras lisas

Um dos visuais mais icônicos dos beatles foi justamente a falta de barba

Essa história dos Beatles serem caras rebeldes no começo da carreira não chega a ser famosa como sua era dourada, mas ela já é um pouco mais conhecida nos ouvidos mais populares. Na verdade, o estilo de George, Paul, John e o baterista Pete Best, que pulou fora da banda antes de seu estrelato era bem padrão de um roqueiro dos anos 60, com suas roupas cheias de couro e lembrando o Elvis Presley.

Foi o empresário Brian Epstein que mudou a cara da banda em todos os sentidos. Com ternos de alfaiataria, cabelinhos bem cortados e cara lisa, sem nenhum pelo facial, fizeram dos beatles a sensação dos Estados Unidos e do mundo. Ah, e nessa época o Ringo Starr já estava na banda. Apesar dessa falta de senso com o estilo, é compreensível que naquela época as barbas não tinham o mesmo apelo que nos anos posteriores.

Aliás, a história do Brian Epstein é muito foda, e vale a pena ser conhecida tanto quanto a do quarteto de Liverpool. Caso tenha se interessado, recomendo a leitura da hq “O Quinto Beatle”, que conta em detalhes como Brian conheceu a banda, e como ele esteve presente por um tempo na carreira da banda.  

Sgt. Pepper’s Lonely hearts Club Band e a chegada definitiva das barbas

Sgt. Pepper's foi a primeira investida diferentona no visual dos Beatles

Veio o estrelato, os grandes álbuns, o estilo que fez muitas jovens contrariem os pais… Mas a época que realmente fez os beatles entrarem no hall dos barbudos de respeito foi no álbum Sgt. Pepper’s Lonely você sabe o resto, de 1967.

Antes disso, já tínhamos visto algum ensaio dessas mudanças de visual em Rubber Soul, de 1965, em que as uniformidade dos visuais foi trocada por cabelos mais longos e individuais para cada membro, bem como trajes de acordo.

Sgt. Pepper’s foi uma boa mostra não apenas das mudanças nos estilos visuais dos dos Beatles, como também no estilo musical dos mesmos. Na segunda metade da década de 60, a banda já começava a tomar rumos cada vez mais distintos do que o público esperava, e esse álbum mostrou todo o experimentalismo dos músicos, principalmente Paul McCartney.

Só para constar aqui: o tal álbum conta a história fictícia dessa banda Sgt. Pepper’s. Suas músicas mostram as aventuras em espetáculo do grupo fictício, e dali vieram canções como Yellow Submarine, Lucy in The Sky with Diamonds, e a própria Sgt. Pepper’s Lonely hearts Club Band. Tal como o Pink Floyd e outras bandas fariam nos anos seguintes, este foi um álbum conceitual, e é considerada uma obra da engenharia musical.

E as barbas? Bem, como você deve reparar na capa do álbum, cada beatle assumiu o seu bigode de forma única dentro dos personagens de uniformes eduardianos espalhafatosos. Embora tenha causado um certo estranhamento inicial, principalmente pelo hiato que a banda teve nos palcos nesse período, o visual foi bem aceito, assim como o LP.

O que ninguém ia imaginar é que os Beatles gostaram tanto do novo estilo que decidiram investir ainda mais nesses visuais fora da sociedade, e seguiram com eles até o final da carreira.

A Mudança Definitiva

Do White Album em diante, os Beatles se tornaram a banda com visual extravagante

Os fãs mais acentuados dos Beatles vão me corrigir, mas além de fatores relacionados ao convívio entre os membros da banda e a necessidade por mostrar suas capacidades individuais, um outro motivo que levou ao fim dos Beatles foram as auto descobertas quanto ao visual.

Após o lançamento de Sgt. Pepper’s, os Beatles passaram a seguir cada vez mais em estilos experimentalistas, e fugir um pouco do que a grande mídia esperava deles. Era nítido que a fama passou a incomodar mais do que brilhar os olhos dos caras.

Nessa época, tal como muitos artistas do mesmo período, os Beatles conheceram o oriente. Mais especificamente a Índia. É notável que a visita ao Maharishi mudou a perspectiva criativa dos Beatles, bem como seus visuais. Sobretudo John Lennon e George Harrison, que adotaram barbas gigantescas, e bem estilosas por sinal.

Uma verdadeira contramão para a época de caras lisas e bandas que representaram esse estilo, como os conterrâneos Rolling Stones, e mesmo outros gêneros como a ascendente, na época, Led Zeppelin, que também trazia um pouco desse exotismo.


Um Final… Barbudo?

Os beatles mantiveram os visuais diferenciados após o fim da banda

Os anos finais dos Beatles foram marcados com esses visuais um pouco mais extravagantes em comparação ao que se conheceu no início da carreira. Os álbuns White Album, e o último Let it be são justamente expressões dessa liberdade com a música, com o público, e consigo mesmos.

Mesmo nos anos seguintes ao fim da banda, cada um deles seguiu com estes visuais mais rebeldes. John Lennon ficou muito conhecido nesse período pela barba gigantesca que exibia ao lado de sua esposa Yoko Ono. E não, não vamos falar das tretas por aqui.

Os beatles se tornaram famosos para todo sempre não apenas pelos seus visuais. A música revolucionária para a época, e cativante até hoje, são uma prova do quão longe a criatividade pode chegar, e isso para qualquer expressão artística. Os visuais são apenas uma expressão mais física do que cada um sentia naquele momento, e como ficou claro principalmente em Sgt. Pepper’s, são uma prova de que qualquer cara, mesmo conhecido pela cara lisa, pode ficar estiloso com os pelos faciais.

Eu sei que faltou muita informação por aqui, jovem, mas é legal conhecer a história por outros pontos de vista. Curtiu os beatles e suas barbas? Quais são as músicas que vocês mais curtem do quarteto de Liverpool? Não esquece também de passar lá na loja BEARD e conferir a placa decorativa dos Beatles.

placa decorativa The Beatles

Deixe nos comentários, eu sei que tem muito fã dos caras por aqui. E até a próxima!

Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.


Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh