in

Como fazer massa artesanal? Confira as dicas para barbudos!

Homem que é homem gosta de estar bonito e de fazer bonito em qualquer ocasião. Na cozinha, o objetivo é sempre impressionar. Da escolha do vinho perfeito até o prato principal, há muito o que se preocupar. E, por mais difícil que pareça, é perfeitamente possível trazer à vida aquele prato especial e surpreender os seus amigos ou até mesmo o seu grande amor. Pensando nesses momentos que ficam para sempre na memória, preparamos este post. Ele vai mostrar o passo a passo de como fazer massa artesanal sem mistérios, sem segredos e sem complicação.

Interessado? Então fique ligado, continue a leitura e bom apetite:

A origem

A origem da massa artesanal é antiga

Esse tipo de preparo data de mais de 3 mil anos, quando o homem começou a plantar trigo e utilizá-lo como ingrediente para fazer versões mais primitivas das massas que conhecemos antes. As variações da receita são muitas. Mas, neste post, vamos falar sobre as técnicas mais tradicionais de produção.

Os cuidados

Existem cuidados que você precisa tomar ainda quando estiver no mercado. A escolha errada dos ingredientes pode não trazer o resultado que se espera no seu jantar especial. Confira as dicas:

Com a farinha

a farinha é o item mais importante na hora de fazer aquela massa artesanal de qualidade

Quando você chegar no mercado, perceberá que existe uma variedade enorme de tipos e classificações desse ingrediente. Não se desespere! A farinha ideal para fazer aquela massa artesanal perfeita é a mais comum de todas: a tipo 1, que é feita do miolo do trigo. Ela proporciona à sua receita uma consistência firme e macia.

Caso haja preferência por um aspecto mais al dente, é possível substituir parte da farinha por semolina (ou sêmola). Ela dá ainda mais firmeza ao preparo, mas não é um ingrediente obrigatório. Dá para alcançar um resultado perfeito utilizando apenas a farinha, sem problemas!

Com os ovos

ovos de qualidade fazem uma massa artesanal ainda mais especial

Para os ovos, também não há muito mistério. Escolha esses tradicionais de galinha. Tanto faz se for caipira ou de granja.

A proporção deve ser de 1 unidade para cada 100 gramas de farinha. Essa harmonia é importante para que você consiga adquirir a consistência ideal para a sua massa. Sem ela, a sua receita pode ficar muito mole e úmida ou muito seca e esfarelada.

Na Itália, o uso desse ingrediente não é muito comum. As receitas costumam levar água no lugar. Já no Brasil, a preferência nacional é pela presença de clara e de gema.

O único cuidado que você deve tomar está na hora de quebrá-los. Antes de misturar os ovos à receita, abra-os em uma xícara separada. Essa técnica é importante para que você não tenha que jogar toda a receita fora, caso encontre uma gema podre.

O preparo

o preparo da massa artesanal

Polvilhe farinha na bancada para não grudar e faça uma espécie de vulcão com o mesmo ingrediente, deixando um espaço vazio no meio para o depósito dos ovos.

Comece a misturar bem com as mãos. No começo, será uma verdadeira lambança! Sua mão ficará toda suja de farinha e ovos. Mas, conforme você vai sovando a massa, ela vai tomando consistência e desgrudando. Caso ela esteja muito molhada, vá acrescentando trigo aos poucos.

A sova

sovar para fazer massa artesanal

Uma vez que a sua massa artesanal já está com uma consistência firme, é preciso sová-la para que seja possível ativar o glúten e dar elasticidade ao produto antes de esticá-lo.

Para essa etapa do seu preparo, dá para usar as próprias mãos, utilizando os pulsos para empurrar a massa à frente. Depois, dobre, vire e repita. Continue sovando por cerca de 15 minutos ou até ela ficar bem homogênea e elástica.

Você também pode fazer a sova com uma batedeira, mas só se tiver um gancho específico para o preparo de massas mais duras e consistentes. Caso utilize um batedor normal, poderá danificar o seu aparelho.

Quando ela estiver pronta, deixe-a descansar por aproximadamente 20 minutos. Assim você consegue abrir a massa com mais facilidade.

A abertura da massa artesanal

maquina para abrir massa artesanal

Mesmo com o devido repouso, ainda é muito difícil abrir a massa com um rolo normal. Por essa razão, dê preferência às máquinas de esticar. Elas permitem que você escolha a espessura com mais precisão e são mais fáceis de manusear. Além disso, elas deixam o seu macarrão mais lisinho e uniforme, digno de um barbudo gourmet!

Depois de esticar, faça os cortes de acordo com o tipo de receita que quer servir. Se preferir, também é possível deixá-la inteira para fazer uma lasanha. Fica a seu critério.

Se você pretende preparar massa suficiente para ser consumida a longo prazo, é importante deixá-la secar, para que ela ganhe durabilidade. Para isso, pendure as tirinhas em alguma espécie de varal ou gancho até que estejam mais durinhas. Caso vá produzir apenas o suficiente para a noite do jantar, o processo é desnecessário.

O incremento

jantar romantico com cardapio de massa artesanal

Agora que o seu ingrediente principal está pronto, precisamos dar mais sabor e cor a ele. Nesse caso, escolha um molho que tenha tudo a ver com o momento em que ele será servido.

Se o seu objetivo é realizar um jantar romântico, escolha um acompanhamento mais leve para a sua massa artesanal, como um molho à base de frutos do mar, por exemplo. Confira uma receita:

Os ingredientes

  • 1 abobrinha em cubos
  • 1 cebola picada
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 cubo de caldo de legumes
  • 1 lata de creme de leite
  • 300 mililitros de vinho branco
  • 4 dentes de alho
  • 500 gramas de camarão
  • Manjericão a gosto;
  • Sal, pimenta e cheiro verde a gosto
  • Suco de 2 limões

Cozinhe a abobrinha em uma panela. Em outra, refogue a cebola na gordura, acrescente o vinho e deixe levantar fervura. Adicione o creme de leite. Tempere o camarão com sal, pimenta e limão. Acrescente e deixe cozinhar por cerca de 7 minutos. Pegue a abobrinha cozida e misture na panela. Confira se o sal e a pimenta estão a seu gosto. Finalize com cheiro verde e manjericão. Pronto! Esse molho ficará delicioso com a massa que você preparou.

preparar massa artesanal para receber os amigos

Caso a ocasião seja uma reunião mais informal entre amigos, dê preferência a sabores mais intensos, como um putanesca. Dá uma olhada:

Os ingredientes

  • 1 colher (sopa) de alcaparras
  • 1 dente de alho
  • 1 lata de atum
  • 1 lata de extrato de tomate
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 3 colheres (sopa) de manjericão
  • 3 filés de anchova (pode ser em conserva)
  • 4 colheres (sopa) de salsinha
  • ½ xícara de azeitonas picadas

Refogue a cebola e o alho no azeite. Adicione a anchova e amasse. Acrescente o atum, as alcaparras e as azeitonas e deixe ferver por cerca de 3 minutos. Coloque o extrato de tomate, tempere com sal e pimenta a gosto e deixe no fogo para secar. Quando o molho estiver bem reduzido, finalize com salsinha e manjericão.

Viu só? Fazer bonito na cozinha não é difícil e pode ser até divertido. E, para melhorar, ainda vai impressionar os seus convidados ou aquela pessoa especial que você quer conquistar. Agora, é só dar aquela caprichada na barba e aguardar os elogios!

Agora que você já sabe como fazer massa artesanal, aproveite e confira como preparar um jantar romântico e impressionar o seu amor!

Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.

Como fazer massa artesanal? Confira as dicas para barbudos!
4.6 (92%) 20 votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Written by Rodrigo

Avatar for Rodrigo

Barbudo com interesses diversos, expert em produtos para barba e cuidados, porem focado em ajudar outros barbudos em como cuidar melhor de suas barbas e ter seu estilo próprio.
Tem alguma dúvida? Pergunte-me e irei lhe ajudar no que for preciso para deixar sua barba top!

8 Situações para aproveitar uma barba charmosa!

Raul Seixas, um barbudo que marcou a música brasileira