4.5/5 - (4212 votes)

Henry Cavill é o Geralt de Rivia! Quem? O quê? Que P@##* de Geralt é esse? Calma, jovem, calma: se você não conhece os games ou a série de livros The Witcher, certamente esse anúncio não tem tanta relevância. Mas o fato é que, para quem gosta de uma boa fantasia medieval e ficou curioso com o anúncio da adaptação da série pela Netflix, o Superman dos cinemas ser o caçador do sobrenatural é algo realmente interessante.

Mas pra você entender o hype, primeiro precisamos falar sobre quem é esse tal Geralt, sobre o que é The Witcher, e como realmente uma barba dão mais força a um guerreiro, principalmente um cara lisa como Cavill que não ficou legal com aquele bigode bizarro do Missão Impossível.

Henry Cavill, participará da série da netflix

Vamos começar pela parte legal. E se você é um fã de séries como Vikings, Game of Thrones, ou ainda as séries literárias de Bernard Cornwell, The Witcher pode ser uma boa adição a seu catálogo. Quer dizer, se a Netflix não ferrar com tudo, por que olha…

The Witcher, ou o Bruxão que pega geral

Henry Cavill é Geralt na futura série de The Witcher

Originalmente, The Witcher é uma série de livros escrita pelo polonês Andrzej Sapkowski, iniciada em 1990. Em sua terra natal, os livros ficaram tão famosos, que Andrzej recebeu uma condecoração do ministro da cultura local. Além de Wiedzmin, como é chamada a série na Polônia, o autor trabalhou em diversas outras obras, que mesmo boas, não tiveram o mesmo alcance que as histórias de Geral.

Na verdade, tem muito mais gente que lembra de The Witcher por conta dos games, mesmo. Foi ela quem popularizou os livros, apesar de seguir um caminho bem diferente do traçado pelo autor, o que não tira nem um pouco o mérito da obra. O primeiro game, lançado pela desenvolvedora também polonesa CD Projekt Red, saiu em 2007, com sua continuação chamando ainda mais atenção em 2012, e o ápice da série em 2015.

Os três games se destacam pela liberdade de escolhas que podem ser tomadas pelo protagonista, o bruxo Geralt. Aliás, a história dos games é um prato cheio para quem gosta de uma boa fantasia medieval.

Neste mundo, inspirado na Europa da renascença, existem os Witchers, guerreiros mercenários que são treinados e imbuídos com magia, em um processo perigoso e místico, para prestar serviços variados, a qualquer um que possa pagar.

Apesar de poderosos e procurados, os Witchers também são temidos, não apenas por seus poderes conhecidos, como pelos traços que os identificam em qualquer lugar, com os cabelos brancos e os olhos dourados e quase felinos. Aqui, acompanhamos a jornada de Geralt, o Lobo Branco, que sobreviveu a destruição de uma das bases dos guerreiros, e agora busca o seu lugar no mundo.

Não entendeu o subtítulo ainda? Eu explico. Como falei antes, a trilogia de games The Witcher oferece uma liberdade bem relativa de escolhas ao protagonista, inclusive em suas relações pessoais. E embora ele tenha um ou dois interesses românticos ao longo da saga, a real é que o cara realmente pode ser um galanteador. Ou galinha, dependendo do seu ponto de vista.

Geralt em evidência de novo, e Henry Cavill também

Geralt, que estará em Soul Calibur VI, será interpretado por Henry Cavill

Há algum tempo, The Witcher ganhou um pouco mais de destaque tanto pelo anúncio da produção da série pela Netflix, como a participação de Geralt como um personagem jogável no game de luta Soul Calibur VI. E para quem curte a série de livros, ou os games, a escolha do ator parecia algo bem difícil.

Quer dizer, não é difícil encontrar um ator com o porte e os trejeitos do Lobo Branco, mas conhecer a fundo a série e respeitar o seu fandom, coisa que uma adaptação antiga para a tv falhou miseravelmente. Enfim, o que importa é o agora, e Henry Cavill parece ser uma boa escolha.

Você pode até achar que ele não é um ator brilhante, mas Henry ao menos é um nerd declarado, e respeitoso com os fãs das obras originais. Não dá pra dissociá-lo do Superman hoje em dia, por exemplo. E o mesmo é com The Witcher, falando várias em entrevistas sobre o seu interesse em dar vida ao protagonista.

Henry Cavill, caracterizado digitalmente para viver Geralt

O negócio gerou tanto buzz, que até mesmo uma montagem foi feita com a foto do ator, trabalhada digitalmente para visualizar como seria sua caracterização de Geralt. E não é que ficou foda?

Quanto a barba, pode ficar tranquilo: um detalhe curioso em The Witcher 3 é que os pelos faciais do protagonista podem ser facilmente moldados, já que crescem com frequência. Um toque mínimo, mas que faz toda diferença, principalmente no gameplay.

O que esperar da série?

Henry Cavill pode ser uma boa adição a série the witcher

Com o anúncio de Henry Cavill, podemos ficar um pouco mais tranquilizados com a direção que a Netflix está tomando. Sendo bem honestos, suas produções, apesar de constantes, estão com um nível de qualidade bem instável nos últimos tempos. Felizmente, o apoio tanto de um ator dedicado como Cavill, além da consultoria do próprio escritor da série de livros, pode oferecer expectativas melhores.


E como falamos lá em cima, para quem é um bom fã de fantasia medieval, e meio que vai ficar órfão de boas histórias do tipo com o fim de Game of Thrones no ano que vem, aqui está uma saída bem interessante. É um mundo cheio de intrigas políticas bem ao estilo dos épicos medievais, com os elementos fantásticos que a galera do RPG, por exemplo, já está bem acostumada.

Então, animado com a escolha de Henry Cavill como Geralt? Ah, e recomendo não apenas que jogue a série de games The Witcher, como leia os livros, é um material fantástico de primeira linha. Deixe nos comentários o que espera da série, e da escolha do ator, e até a próxima!


Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh

Gostou do post?

Cadastre-se em nossa newsletter e receba em primeira mão nossos post, dicas e novidades!

Então cadastre-se!

Muito Obrigado!