4.7/5 - (2586 votes)

Seja estatística, genética, cultura, ou qualquer outra razão, é um fato até bem conhecido que os homens vivem do que as mulheres. Longe de fatores polêmicos, não é segredo para ninguém que a taxa de mortalidade masculina é um tanto maior, e em alguns lugares isso é preocupante. Mas qual, ou quais razões levariam a um homem viver menos em comparação ao sexo composto?

Em um panorama geral e até um pouco superficial, as razões que levam a uma vida menor por parte dos homens pode ser resumida entre os seguintes:

  • Menor cuidado com a saúde;
  • Exposição maior a atividades de risco
  • Violência, seja urbana ou rural;
  • Imprudência, como dirigir embriagado, por exemplo;

E uma das razões mais curiosas, ser um machão… Como é?

Como ser um “Old Man” faz com que os homens vivem menos

Os velhos machões são os tipos de homens vivem menos

No Reino Animal, existem muitas espécies cujos machos buscam ser o “Alfa” do grupo, aquele que vai garantir a sobrevivência de todos, seja quanto a segurança, seja nos pontos reprodutivos. Para tanto, ele assume maiores riscos, inclusive em conflitos diretos com outros machos que ameacem sua liderança.

Isso não é exclusivo de todos os machos, mas é fácil encontrar exemplos em bisões, lobos, bodes, leões, etc… E o que isso tem a ver com os seres humanos? Diretamente, nada. Mas faça essa relação entre os animais citados, seres que agem por instinto e de acordo com sua natureza, e o fato que os homens vivem menos do que a média entre as mulheres. Já é possível ter uma ideia de onde queremos chegar.

Os ditos “machões”, aqueles caras que tiveram seu auge nos anos 70 e 80, são as figuras que por muito tempo foram considerados os “homens perfeitos”. Sabe aquela coisa  de exalar testosterona? É bem isso. Não por acaso, são também os homens que viveram menos.

E isso não é brincadeira, jovem. A testosterona é realmente um hormônio muito abrangente quanto aos seus efeitos no corpo masculino. Além de ser o principal responsável pelo prazer do homem, a testosterona também potencializa a musculatura, a queima de gorduras, e o crescimento de pelos em todo o corpo. Sim, isso inclui a barba, tanto que existem medicamentos próprios para agir em cima da testosterona para cuidar de problemas de calvície.

Esse excesso de testosterona, seja de forma direta ou não, também interfere no comportamento masculino. Voltando àquela comparação com os exemplos de causas de morte anteriores, observe como não faz parte de uma tendência a ser o Macho Alfa. É bem ridículo, mas por incrível que pareça isso acontece. Os homens vivem menos porque tentam ser “os homens”.

A pesquisa que comprova os fatos fisiológicos

A pesquisa que mostrou esses fatos um tanto surpreendentes é de autoria do biólogo Richard G. Bribiescas. Através dos estudos comentamos mais acima, Richard percebeu que a presença de testosterona, em grandes quantidades, é a responsável por diminuir a expectativa masculina. E não apenas por um comportamento desregrado ou arriscado. E esses “machões” acabam por viver menos.

Deixa eu explicar de uma forma mais direta. A testosterona, entre seus vários efeitos, é responsável por queimar gorduras no organismo. Por um lado isso é ótimo para os barbudos que desejam um corpo musculoso e bem ativo para qualquer coisa. Por outro, essa falta de gorduras e outros nutrientes, nos estágios mais avançados da vida, tornam o corpo mais exposto a efeitos externos.

Aliás, esse é outro fator que a longo prazo pode ser prejudicial aos caras que elevam os níveis de testosterona ao extremo. Quando o corpo envelhece, e estes níveis do hormônio masculino estão mais altos, os riscos de exposição a infecções é maior do que em relação às mulheres.

Além disso, a alta produção de testosterona também pode levar a outros riscos de doenças, como o câncer de próstata. Todos esses riscos, somados àqueles fatores que comentamos lá no início, evidenciam uma possibilidade curiosa: seria essa necessidade de ser um macho sexualmente ativo o responsável pela mortalidade?

Sim e não. Vamos resumir esses pontos para você.

Ser um Machão diminui a expectativa de vida?

será que os homens vivem menos por gostarem do perigo?

Pense em quantos riscos um homem se expôs para ser um cara bem resolvido com sua vida sexual. Biologicamente falando, isso é natural, o que fica mais evidente se comparado ao estilo de vida feminino: enquanto o homem precisa desenvolver esse tipo de energia para “dar conta do recado”, a mulher retém mais energia. Fatores como a gestação tornam esse aspecto ainda mais evidente, já que o corpo feminino desenvolve mais proteções para garantir uma gravidez segura para ela e o bebê.

Então ser um cara sexualmente ativo é ruim? De forma direta, não. Ou melhor, não é a menos que você cometa “loucuras”, como o tal exemplo de dirigir embriagado, praticar esportes radicais sem algum tipo de segurança, e coisas do tipo. Por mais que isso soe muito “selvagem” para algumas mulheres, e homens também, no fundo você só arrisca a vida à toa. Existem formas mais simples de chegar ao sexo, isso sem perder a sua postura de machão. 


Na verdade, existem uma série de detalhes muito importantes que um barbudo pode levar em conta para ser um “Homão da Porra”, saudável e viril, sem ser um inconsequente só porque a biologia de Darwin, que seleciona os mais fortes, determinou.

Como você vai ver nas dicas a seguir, os verdadeiros sobreviventes não são os mais fortes, mas sim os que se adaptam melhor às mudanças.

8 Dicas para um barbudo se cuidar para viver muito mais

As dicas a seguir levam em conta não apenas uma vida mais longeva e saudável, como ativa em vários sentidos. Os homens mais lendários em idade são uma boa referência pois conseguem equilibrar bem as atividades físicas, psicológicas e sexuais de uma maneira que apreciam o melhor da vida sem fazer esforços extremos. É só ver o exemplo de Philippe Dumas, por exemplo.

Vejamos essas dicas e acabar com essa história de que os homens vivem menos.

1 – Pratique Atividades Físicas de forma saudável

Parece óbvio, mas tem caras que levam isso a nível um tanto exagerado. Atividades físicas podem abranger uma imensidão de opções, de esportes regulares até aquele futebol no fim de semana, ou mesmo aquela caminhada diária. Escolha as que mais lhe agradam, e que de fato você pode manter ao longo do tempo, e pratique constantemente.

Mais do que ser um meio de garantir a saúde no futuro, praticar atividades físicas deve ser uma forma de aliviar o stress e se divertir um pouco. E são esses fatores que, de fato, vão lhe dar uma boa vida ao longo das décadas.

2 – Seja forte, não bombado

Os homens vivem buscando um corpo musculoso, mas basta apenas ser forte

Malhar com frequência é uma ótima forma de estimular a produção de testosterona, que por sua vez tornam o corpo mais forte em diversos aspectos, de força física a pró atividade sexual. Mas não você não precisa ser o monstrão de academia se não quiser.

Pode ser muito legal ter o corpo próximo a de um fisiculturista, mas o tempo mostra como essas abordagens com o corpo se tornam meio inválidas ao longo do tempo. Invista em uma musculatura que seja de fato compatível com seu corpo, e o esforço será recompensador.

3 – Invista nos cuidados pessoais com o corpo

E não jovem, isso não é frescura. Você está em um blog que fala justamente de cuidados masculinos sem apelação, quer exemplo melhor do que esse? Os cuidados pessoais são importantes principalmente para preservar o corpo ao longo dos anos, sempre adiando os efeitos da velhice da forma mais segura possível.

A barba é um ótimo exemplo de referência. Com os devidos cuidados, você consegue preservar o bom estado da barba por muito tempo. E mesmo quando aqueles fios grisalhos aparecem, é possível cuidar de forma que a idade seja mais um sinônimo de sabedoria e juventude do que decadência.


Assim sendo, busquem usar produtos como o shampoo para barba, o balm para estimular e manter o crescimento dos pelos faciais de forma sadia, além de outros produtos importantes para os cuidados da barba.

Mas não se resuma aos pelos faciais, jovem. Cuidar bem da pele contra os efeitos do sol ou mesmo de baixas temperaturas, cuidar dos cabelos para ter um penteado bem feito e duradouro, sobretudo contra os efeitos da calvície, entre outros pormenores, são igualmente importantes.

4 – Sexo é bom, mas sem excesso

Eu vou usar a analogia da bicicleta aqui. Andar de bicicleta é muito saudável, uma atividade até bem prazerosa. Mas quando se anda demais, sem os devidos cuidados com alongamento ou distância percorrida, acaba por prejudicar os músculos, e o tempo necessário para se recuperar poderia ter sido melhor utilizado se houvesse mais equilíbrio, com o perdão do trocadilho.

Assim é com o sexo. Fazer sexo todos os dias traz muitos benefícios para o organismo, mas procure fazer de uma forma equilibrada, para que tanto você como sua parceira não fiquem estafados ou mesmo prejudicados com seus efeitos. A criatividade pode ser bem interessante nesse sentido: considere o sexo oral, por exemplo…

5 – Encontre o bem estar de formas externas e internas

Hobbies são mais do que atividades recreativas para escapar da realidade. São a prova de que nenhum homem ou mulher deva viver para pagar contas. Longe de ser uma distração, eles podem ser ainda mais interessantes como um meio de manter a animação com o dia a dia e evitar, a longo prazo, problemas de natureza psicológica. Se feitas com paixão, essa história de que os homens vivem menos se torna gradativamente menor.


Acredite, aquela sessão de RPG ou ler um livro que não seja relacionado ao trabalho pode salvar seu dia. Se estiver acompanhado de uma cerveja bem gelada então, melhor ainda.

Essas atividades são resumidas a um nível mais individual. Você pode expandir seus horizontes com atividades externas a si, e não estou falando de atividades físicas. Viagens feitas durante feriados prolongados, visitas a museus e passeios em eventos culturais são meios legais de apreciar e estender a vida.

Caramba, até aquela visita a um restaurante gourmet é válido. Não viva uma vida sedentária.

6 – Invista no Grooming

homens vivem menos, mas podem sobreviver mais com um bom grooming

Não se ligou no termo? Tranquilo. Grooming são aquelas táticas, por assim dizer, que tornam o barbudo mais top. Ou hipster, depende da pessoa perguntada. Se um cara normal que deseja preservar sua saúde ao longo dos anos faz o básico e se sente bem com isso, um bom praticante do grooming eleva isso a outros níveis.

Em suma, eles se vestem muito bem, seguindo as tendências da moda masculina; eles se cuidam a níveis exemplares, com os produtos certos para barba, cabelo e pele; e de quebra ainda oferecem algumas boas referências para os mais empolgados com a possibilidade de cuidar do próprio corpo.

Se você deseja aumentar um pouquinho nível, mas sem cometer os exageros da mesma forma que um cara bombado faria, é uma boa seguir o grooming. E tão importante quanto, fique esperto quanto ao que não fazer nesses casos.

7 – Sorria mais

Os homens vivem muito bem se sorriem mais

Parece um daqueles papos vindos de programas matinais sobre bem estar, mas tem o seu sentido, jovem. Enquanto os brucutus possuem aquela carranca mal resolvida, e não por acaso morrem cedo por causa disso, os barbudos mais bem humorados tem menos riscos de desenvolver doenças cardiovasculares e respiratórias. Além disso, tem toda aquela dose de simpatia, isso atrai e muito o sexo oposto.

Busque seus humoristas ou shows favoritos, se permita ganhar aquelas piadinhas mesmo que seja sem graça, bem como fazê-las – com o devido respeito. Fazendo as honras de cara engraçado, você evita bons problemas com sua saúde e riscos de vida ao longo dos anos.

8 – Não seja um Babaca

Você viu algumas das causas responsáveis nas quais os homens vivem menos, certo? Você pode ser um barbudo aventureiro, com muitas histórias para contas entre amigos e namoradas, mas não precisa arriscar a vida por estupidez. Os homens mais valorosos são os que sabem quando precisam entrar em perigo ou não, e não os que se arriscam para se mostrar os machos alfa. Não estamos na selva.

Gostou das dicas, jovem? Concorda com as pesquisas? Não deixe de compartilhar com seus amigos e assinar nossa newsletter para receber outros materiais bacanas. E para começar a se cuidar bem, já sabe onde pode comprar os seus produtos para começar. Até a próxima!


Quer receber no seu email excelentes conteúdos iguais a este? Então cadastre-se em nossa newsletter.


Comments (2)

  1. Avatar for Rodrigo Jackson
    Posted on 09/05/2017
    • Avatar for Rodrigo Rodrigo
      Posted on 10/05/2017

Deixe sua pergunta ou opinião

Ad Blocker Detected

Our website is made possible by displaying online advertisements to our visitors. Please consider supporting us by disabling your ad blocker.

Refresh